Sistema de Eventos Acadêmicos da UFMT, X Mostra da Pós-Graduação: Direitos Humanos, trabalho coletivo e redes de pesquisa na Pós Graduação

Tamanho da fonte: 
QUALIDADE BIOLÓGICA DOSOLO SOB PASTAGEMDE Brachiariabrizantha EM PROCESSO DE RECUPERAÇÃO COM CINZA VEGETAL
Wlly Cristiny Mendes de Oliveira

Última alteração: 26-10-18

Resumo


Com a expansão agrícola, é cada vez mais comum a abertura de novas áreas. Contudo, esse avanço pode gerar desequilíbrio no ecossistema e na sua dinâmica natural, prejudicando todos os seus componentes: solo, fauna, flora, água e micro-organismos. Visando promover a recuperação de uma área degradada faz-se necessário encontrar o equilíbrio entre os meios biótico e abiótico, onde a atividade microbiana no solo é mediadora de inúmeros processos ecológicos e responsável pelo funcionamento do ecossistema. Portanto, o objetivo deste estudo foi avaliar a atividade microbiana do solo numa área de pastagem em processo de recuperação com cinza vegetal. Coletaram-se amostras de solo na profundidade de 0-10 cm na área de um experimento conduzido por 3 anos em delineamento em blocos casualizados, com arranjo experimental em faixas, e fatorial 6x2, correspondente a seis doses de cinza vegetal (0; 3; 6; 9; 12 e 15 t ha-1) e dois manejos de aplicação da cinza ao solo (incorporado e não incorporado), totalizando 12 tratamentos e 4 repetições. Como referência, foram coletadas 4 amostras em área de mata nativa. A amostragem de solo foi realizada nas épocas correspondentes aos períodos de chuva e de seca, realizadas nos meses de março e agosto de 2018, respectivamente.  As amostras foram acondicionadas em sacos plásticos logo após a coleta e mantidas a 4°C até o início das análises. Foram analisados atributos microbiológicos e bioquímicos do solo, como carbono e nitrogênio da biomassa microbiana, respiração basal, fungos e bactérias totais, bactérias diazotróficas e atividade enzimática. Os resultados foram submetidos à análise estatística através do software R, com análise de variância, teste de regressão para as doses de cinza e teste de Scott-Knott para o manejo de aplicação ao nível de significância de até 10% de probabilidade.Dentre as variáveis analisadas, as bactérias diazotróficas apresentaram diferença significativa entre tratamentos, sendo observado efeito isolado para as doses de cinza a 5% e 1%, respectivamente. Resultado igualmente observado para a enzima arilsulfatase nas doses de cinza a 1% de probabilidade.As variáveis respiração basal e enzima fosfatase ácida se destacaram por apresentar interação significativa entre o fator 1 (manejo de aplicação) e o fator 2 (doses de cinza vegetal) a 5% de probabilidade. As demais variáveis não apresentaram diferença entre os tratamentos.Conclui-se que a cinza vegetal influencia o crescimento microbiano e sua atividade no solo.

Palavras-chave


Atividade enzimática, Cerrado, Qualidade do solo