Sistema de Eventos Acadêmicos da UFMT, X Mostra da Pós-Graduação: Direitos Humanos, trabalho coletivo e redes de pesquisa na Pós Graduação

Tamanho da fonte: 
EFICIÊNCIA DA INOCULAÇÃO DE RIZÓBIO EM Dolichos lablab SUBMETIDO À DISPONIBILIDADE HÍDRICA
Maiza Longo Mussato

Última alteração: 26-10-18

Resumo


O feijão labe-labe é uma leguminosa popular na região sul do Brasil utilizada principalmente como adubo verde, cobertura de solo e alimentação humana alternativo ao feijão comum, apresenta inoculação eficiente com diversas estirpes do Cerrado.

Este trabalho teve como objetivo avaliar o desenvolvimento do feijão labe-labe inoculado com estirpes de rizóbio e submetido à disponibilidade hídrica. O experimento foi conduzido na Universidade Federal de Mato Grosso, Câmpus Rondonópolis-MT, em condições de casa de vegetação. O delineamento experimental utilizado foi em blocos casualizados, constituídos por 15 tratamentos, em esquema fatorial 5x3, com cinco disponibilidades hídricas (20%, 40%, 60%, 80% e 100% da capacidade do vaso), e três inoculações (estirpe de rizóbio BR 3267, estirpe de rizóbio MT 15 e testemunha não inoculada). As variáveis analisadas foram altura de planta, diâmetro do caule, número de folhas, número e massa seca dos nódulos, massa seca da parte aérea e raízes, relação entre a massa seca da parte aérea e raízes, concentração de nitrogênio na parte aérea e raízes, proteína bruta, acúmulo de nitrogênio, volume de raízes, período de florescimento e abscisão foliar. O feijão labe-labe apresentou resposta significativa à inoculação com o rizóbio e a disponibilidade hídrica que favoreceu o melhor desenvolvimento foi a estirpe MT 15.


Palavras-chave


dolichos lablab inoculação estresse hídrico