Sistema de Eventos Acadêmicos da UFMT, X Mostra da Pós-Graduação: Direitos Humanos, trabalho coletivo e redes de pesquisa na Pós Graduação

Tamanho da fonte: 
INTERNACIONALIZAÇÃO NA UNIVERSIDADE FEDERAL DE MATO GROSSO: O CASO DA REDE AMAZÔNICA DE EDUCAÇÃO EM CIÊNCIAS E MATEMÁTICA
Ana Sophia Haagsma Simm, Irene Cristina de Mello, Marcel Thiago Damasceno Ribeiro

Última alteração: 14-10-18

Resumo


O presente trabalho se insere na pesquisa de mestrado em desenvolvimento junto ao Programa de Pós-Graduação em Educação da Universidade Federal de Mato Grosso – UFMT, na linha de pesquisa Educação em Ciências e Educação Matemática. Tem-se como finalidade apresentar a investigação em desenvolvimento, exibindo o contexto da pesquisa e a apresentação dos dados parciais da primeira etapa de produção de dados. Como contexto, o trabalho investiga a internacionalização do programa de doutorado em Educação em Ciências e Matemática da Rede Amazônica de Educação em Ciências e Matemática (REAMEC), em relação à mobilidade, cooperação e parcerias mediante projetos e publicações internacionais. A escolha pelo programa REAMEC deve-se ao fato de ser um programa em rede (composta por três polos institucionais: UFMT, UFPA e UEA) da Amazônia Legal, onde, teoricamente, as possibilidades de ampliar as parcerias são potencializadas. Nessa perspectiva, busca-se responder o seguinte problema: como se configura o movimento da internacionalização no programa de pós-graduação em Educação em Ciências e Educação Matemática – REAMEC? O referencial teórico utilizado para fundamentar a pesquisa abrange autores como Knight (2004), Morosini (2006), De Wit (2010), Stallivieri (2004), que versam sobre a temática central abordada na pesquisa, a internacionalização. A abordagem metodológica utilizada é de cunho qualitativa e apoia-se na literatura de Bogdan e Biklen (1994). A pesquisa é do tipo estudo de caso, utilizando elementos elaborados por Yin (2015), considerando que se definiu como objeto de estudo o programa de pós-graduação em educação em Ciências e Matemática da Rede Amazônica. No tocante à primeira etapa da produção de dados, foi realizado um levantamento exploratório e descritivo com a finalidade de mapear as atividades e produções científicas no contexto da internacionalização realizadas pelos egressos do programa REAMEC. Utilizou-se como instrumento para coleta, a plataforma online LATTES-CNPQ. Assim, foram coletadas produções desde o primeiro ano dos egressos da primeira e segunda turmas (2011 e 2013), até o ano atual, 2018. Dentre os resultados obtidos até o presente momento, há evidências de iniciativas no que concerne às estratégias e publicações internacionais. Em relação as produção acadêmica-científica, verifica-se uma alta publicação em revistas com index internacional quando comparada com as revistas internacionais, justificado pelo grande número de revistas brasileiras que possuem index. Quanto ao resultado sobre a participação de egressos em projetos e pesquisas internacionais, três egressos do total de currículos analisados participam deste tipo de atividade internacional. Diante do exposto, tais atividades precisam ser consolidadas para potencializar a internacionalização no programa, mesmo com a presença de uma iniciativa no que diz respeito as atividades internacionais. Afinal, em tratando-se de um doutorado em rede localizado nas regiões da Amazônia Legal, essa melhoria é de suma importância para o avanço da pós-graduação, diante das assimetrias existentes que persistem em relação aos programas da região Sudeste e Sul do Brasil.


Palavras-chave


Internacionalização, Educação Superior, REAMEC

Referências


BOGDAN, R. C.; BIKLEN, S. K. Investigação qualitativa em educação: uma introdução à teoria e aos métodos. Porto: Porto, 1994.

DE WIT, Hans. Internationalisation of Higher Education in Europe and its asseessment, trend and issues. Amaterdam: Nederlands-Vlaaamse Accreditatieorganisatie, 2010, p. 3-20.

KNIGHT, Jane. Internationalization remodeled: definition, approaches, and rationales. Journal of Studies in International Education. Sage Publications, v.8, n.1, spring 2004, p. 5-32.

MOROSINI, Marilia Costa. Estado do conhecimento sobre internacionalização da educação superior – Conceitos e práticas. Educar, Curitiba, n. 28, p. 107-124, 2006. Editora UFPR

STALLIVIERI, Luciane. O processo de internacionalização nas instituições de ensino superior. Caxias do Sul. [200-?]

YIN, R. K. Estudo de caso: planejamento e métodos. 2a ed., Porto Alegre: Bookman, 2015