Sistema de Eventos Acadêmicos da UFMT, X Mostra da Pós-Graduação: Direitos Humanos, trabalho coletivo e redes de pesquisa na Pós Graduação

Tamanho da fonte: 
A ação humana frente as Mudanças Climáticas: um olhar na perspectiva dos educandos e dos Livros Didáticos
Alexandre Fagundes Cesario, Débora E. Pedrotti Mansilla, Giseli Dalla-Nora

Última alteração: 05-10-18

Resumo


As descobertas tecnológicas e científicas que surdiram, principalmente a partir da Revolução Industrial até o hodierno colaboram para que profundas e rápidas modificações sejam observadas nos mais diferentes biomas em todo o planeta. Observa-se este fato, via publicações de pesquisas científicas das mais diversas e o público em geral, acaba tendo acesso a essas informações principalmente via meios de comunicação de massa, com bastante frequência. Assim, torna-se mister que, nas escolas, questões relacionadas as Mudanças Climáticas - MCs sejam discutidas, com especial atenção, ao ensino de aspectos físicos, químicos e biológicos e suas implicações sociais, atinentes aos conceitos e conteúdos curriculares da área das Ciências da Natureza, destacando qual o impacto das ações antrópicas neste contexto complexo. Discussões sobre MCs, inseridas no processo educativo por meio da multidisciplinaridade, auxiliariam na formação de uma visão crítica sobre como a humanidade tem tratado a biosfera. Este estudo faz parte da dissertação de Mestrado que está sendo desenvolvida no Programa de Pós-Graduação Mestrado Profissional em Ensino de Ciências da Natureza – PPGECN/UFMT e situa-se no âmbito da Rede Internacional de Pesquisadores em Educação Ambiental e Justiça Climática – REAJA, ligada ao Grupo Pesquisador em Educação Ambiental e Arte – GPEA/UFMT, tendo como objetivo compreender se os estudantes e os Livros Didáticos – LDs atribuem o fenômeno das MCs à ações antrópicas. A pesquisa contou com a participação dos bolsistas do Programa Institucional de Bolsas de Iniciação Cientifica - PIBIC da escola Estadual André Avelino. Realizamos uma pesquisa de cunho participativo, com revisão bibliográfica específica e análise dos LDs da área das Ciências da Natureza usados na unidade escolar com estes estudantes. Fizemos também, o uso de entrevista como instrumento de coleta de dados visando a elaboração de um produto educacional que será disponibilizado via web. A ideia é integrar os conhecimentos acerca das MCs para que os educandos percebam como o currículo escolar, contribuirá para uma melhor compreensão e mudança de atitude frente aos impactos causados no ambiente pela humanidade e como os LDs discutem a perspectiva da ação antrópica frente as MCs.


Palavras-chave


Mudanças Climáticas; Ensino de Biologia; Multidisciplinaridade; Livros Didáticos; Ciências da Natureza.