Sistema de Eventos Acadêmicos da UFMT, X Mostra da Pós-Graduação: Direitos Humanos, trabalho coletivo e redes de pesquisa na Pós Graduação

Tamanho da fonte: 
AVALIAÇÃO DE APRENDIZAGEM, EM TEMAS SOCIOAMBIENTAIS, COM ASPECTOS FORMATIVOS E METODOLÓGICOS PARA O ENSINO DE QUÍMICA
Lais Regina França, Mariuce Campos Moraes

Última alteração: 05-10-18

Resumo


As pessoas aprendem o tempo todo em um processo contínuo e assim podem tanto ampliar significados sobre o que já se sabe, quanto aprender algo novo. Aprender é um processo de construção do conhecimento. Neste sentido, concerne então ao professor mediar o processo de ensino-aprendizagem com a necessidade de pensar em novas metodologias.  Nessa perspectiva, a avaliação é vista como um campo privilegiado capaz de promover transformação no ensino e favorecer a aprendizagem. Sendo assim, o objetivo geral deste estudo é analisar uma metodologia de avaliação com aspectos formativos, em questões socioambientais, que auxilie professor/aluno no processo de Ensino Aprendizagem do Ensino de Química. Desta forma, propomos o processo de mediação na forma de uma Sequência Didática (SD) que propicie a aprendizagem através de questões socioambientais, da construção do conhecimento científico e que além disso valorize o diálogo entre os sujeitos.  Neste sentido, as estratégias didáticas abordadas buscam valorizar as dinâmicas-pedagógicas. O produto educacional trata-se de um Sistema Avaliativo pautado na avaliação mediadora e organizado nas Dinâmicas Pedagógicas de Delizoicov e colaboradores articulado com as Questões Socioambientais, de forma a oferecer ao professor, a oportunidade de vivenciar e compreender o processo de Avaliação da Aprendizagem com a Temática dos Resíduos Sólidos. O Sistema Avaliativo é composto por três etapas: Estudo da Realidade (ER), Organização do Conhecimento (OC) e Aplicação do Conhecimento (AC). O Estudo da Realidade parte de questões do cotidiano, situações diretamente ligadas à problemática ambiental, enquanto a Organização do Conhecimento se constroi com a tradução em termos químicos desta realidade e a Aplicação do Conhecimento se estabelece quando há uma compreensão desta problemática articulados aos conhecimentos químicos e da transposição para situações do cotidiano. A abordagem de investigação adotada neste estudo será do tipo qualitativa, a partir de um posicionamento crítico e reflexivo interativo através do diálogo além disso, apresenta característica exploratória. O público alvo são estudantes do 3º ano do Ensino Médio de uma Escola Estadual no município de Várzea Grande, MT. O Sistema Avaliativo foi aplicado no período de 27 de abril a 29 de junho de 2018, durante o segundo bimestre letivo. Ao final os estudantes responderam a um questionário qualitativo e um registro de escrita denominado “complemento de frases” proposto por González Rey para validação do produto educacional. Ao longo da aplicação do Sistema Avaliativo, o estudo da realidade, os conteúdos e conceitos ministrados em sala de aula, a realização das atividades avaliativas, contribuíram para a construção do conhecimento. Essa construção do conhecimento resultou na produção e apresentação de material áudio visual. Até o presente momento foi possível verificar nas falas dos sujeitos da pesquisa que as atividades desenvolvidas promoveram uma sensibilização com a temática ambiental e uma melhoria nas atitudes e comportamentos relativos as questões socioambientais. Espera-se, portanto, que esse trabalho possibilite aos docentes maiores reflexões sobre a avaliação da aprendizagem no ensino de Química.

 



Palavras-chave


Avaliação; Aprendizagem; Resíduos Solidos

Referências


GONZÁLEZ REY, Fernando. Pesquisa qualitativa e subjetividade: os processos de construção da informação. Cengage Learning, 2005.

DELIZOICOV, Demétrio et al. Ensino de Ciências: fundamentos e métodos. Cortez Editora, 2011.

HOFFMANN, J. Avaliação mediadora: Uma prática em construção da pré-escola à universidade. 33ª. Ed. Porto Alegre: Editora Mediação, 2014. 189p.