Sistema de Eventos Acadêmicos da UFMT, X Mostra da Pós-Graduação: Direitos Humanos, trabalho coletivo e redes de pesquisa na Pós Graduação

Tamanho da fonte: 
MONITORAMENTO DOS EFEITOS METEREOLÓGICOS SOBRE A PRODUTIVIDADE DA CULTURA DE MILHO NO MUNICÍPIO DE SINOP-MT
LETYCIA CUNHA NUNES, RICARDO SANTOS SILVA AMORIM, WELLINGTON DE AZAMBUJA MAGALHÃES, JULIANY BARBOSA DE PINHO, ALAN ROBERTO RICHETTI MARTINS

Última alteração: 23-10-18

Resumo


As variações micrometeorológicas exercem grande influência sobre o desenvolvimento e produtividade da cultura do milho. Sendo assim, objetivou-se nesse estudo avaliar o desenvolvimento e produtividade de cultivares de milho semeadas em três épocas distintas no município de Sinop do estado de Mato Grosso. Para isso foi realizado um experimento em delineamento em bloco ao acaso em esquema fatorial com parcela subdividida no qual, três cultivares de milho (SEMPRE20A30VIP3, SYN5T78 TLTGVIP, de ciclo superprecoce e, NS90PRO2 de ciclo normal) foram cultivadas com semeaduras realizadas em três épocas: 04/02/2017 (antecipada), 13/02/2017 (intermediária) e 21/02/2017 (tardia). Pela análise de variância foi observado efeito significativa dos fatores cultivar e época de semeadura, no entanto esses efeitos foram independentes, ou seja, a interação dos fatores não foi significativa. A cultivar SEMPRE20A30VIP3 apresentou maiores número de grãos por fileira, peso do grão, peso de 100 grãos, peso de grãos por espiga do que a cultivar NS90PRO2 nas épocas de semeadura, sendo que a cultivar SYN5T78 TLTGVIP não diferenciou entre as demais. Quanto ao número de grãos por fileira a cultivar SEMPRE20A30VIP3 apresentou diferenças entre as épocas de semeadura, sendo a época intermediária a que foi mais adequada a essa característica. Sendo assim, pôde-se concluir que: a cultivar SEMPRE20A30VIP3 tende a apresentar maiores produtividades do que as demais. A cultivar SEMPRE20A30VIP3 possui melhor desempenho e adaptabilidade às três condições micrometeorológicas estudadas na região de Sinop; e a época de semeadura intermediária é mais adequada para a produção do milho safrinha na região.

Palavras-chave


zea mays, épocas de semeadura, vulnerabilidades.