Sistema de Eventos Acadêmicos da UFMT, X Mostra da Pós-Graduação: Direitos Humanos, trabalho coletivo e redes de pesquisa na Pós Graduação

Tamanho da fonte: 
Caracterização dos atributos físico-hídricos do solo em ambientes naturais de Mato Grosso, Brasil.
Larissa Leite Pavão

Última alteração: 23-10-18

Resumo


As propriedades hidráulicas do solo controlam partição do volume precipitado em infiltração e escoamento superficial. Estes últimos, por conseguinte, são fundamentais na determinação dos fluxos e armazenamento de água no solo. O fluxo de água no solo é responsável pela recarga e manutenção do volume de água subterrânea enquanto que a água armazenada nas camadas superficiais do solo, suprem a demanda hídrica da vegetação. Desta forma, as propriedades hidráulicas do solo são partes explicativas na compreensão da dinâmica físico-química e biológica dos ecossistemas. Nesse sentido, o presente trabalho objetiva documentar as propriedades hidráulicas do solo em diferentes ambientes de Mato Grosso. Para isso, será feita uma campanha em cada área de estudo em que serão analisadas a condutividade hidráulica e a infiltração em duas condições de umidade: uma insaturadas e outra em condições da saturação. Os ensaios de infiltração e condutividade hidráulica em condições não saturadas serão feitos com um infiltrômetro de tensão do tipo mini disco. Já os ensaios em condições saturadas serão feitos com o infiltrômetro de pressão submetidos a duas cargas distintas de pressão. Além disso, serão amostrados solo de cada uma das áreas de estudo e realizadas as seguintes análises físicas e químicas: textura, densidade de partícula, densidade aparente, macroporosidade, microporosidade, porosidade total, umidade volumétrica, teor de matéria orgânica. Os dados serão submetidos a análises estatísticas apropriadas e comparados em termos de áreas de estudo. Espera-se com esse trabalho obter e fornecer dados das propriedades hidráulicas do solo, até então escassos nos ecossistemas naturais matogrossenses, que sejam úteis no aprimoramento de modelos matemáticos de trocas de matéria e energia entre os sistemas ambientais.