Sistema de Eventos Acadêmicos da UFMT, X Mostra da Pós-Graduação: Direitos Humanos, trabalho coletivo e redes de pesquisa na Pós Graduação

Tamanho da fonte: 
Dinâmica e Atividade da Microbiota da Serrapilheira em Fitofisionomias da Baixada Cuiabana
Vanessa Mendes Rêgo

Última alteração: 25-10-18

Resumo


Uma das principais vias de entrada de nutrientes no solo é a serrapilheira, assim, incêndios ou a conversão de áreas nativas em áreas agrícolas podem influenciar diretamente na ciclagem de nutrientes. O objetivo do estudo será contribuir com informações acerca da dinâmica da serrapilheira em diferentes fitofisionomias de Cerrado na Baixada Cuiabana, entorno do Pantanal Mato-Grossense. A coleta das características fenológica e estruturais da vegetação, dados de produção, acúmulo e decomposição da serrapilheira será mensal, além de dados utilizando o método do saco de chá e litter bags, contribuição da abundância e funções da microbiota na velocidade da taxa de decomposição da serrapilheira. A produção da serapilheira irá apresentar padrão sazonal, com o maior aporte observado no período seco. A precipitação e a temperatura irão afetar a velocidade da decomposição. Além de que a vegetação irá afetar fortemente a composição da comunidade da microbiota da serrapilheira, assim uma maior diversidade será encontrada na fitofisionomia Cerradão, devido a mesma apresentar uma maior riqueza de espécies arbóreas.


Palavras-chave


Ecótono; Fenologia; Ciclagem de nutrientes.

Referências


Arato, H. D. Martins, S. V. & Ferrari, S. H. S. (2003). Produção e decomposição da serrapilheira em um sistema agroflorestal implantado para recuperação de área degradada em Viçosa - MG. Revista Árvore, 27, p. 715-721.

Jaccard, P. (1908). Nouvelles recherches sur la distribu- tion florale. Bull. Soc. Vaudoise Sci. Nat. 44, p. 223-270.

Pielou, E. C. (1966). Species diversity and pattern diversity in the study of ecological succession. Journal Theory Biology, 10, p. 370-383.