Sistema de Eventos Acadêmicos da UFMT, X Mostra da Pós-Graduação: Direitos Humanos, trabalho coletivo e redes de pesquisa na Pós Graduação

Tamanho da fonte: 
LEITURA E AQUISIÇÃO DE LIVROS: ANÁLISE DO ACERVO DA BIBLIOTECA REGIONAL DE RONDONÓPOLIS A PARTIR DAS DEMANDAS DE CURSOS DO CÂMPUS UNIVERSITÁRIO
Aura Santana Campos Silva

Última alteração: 20-10-18

Resumo


Entende-se que a biblioteca universitária é um dos instrumentos essenciais no processo de formação acadêmica, contribuindo para o crescimento pessoal e profissional do estudante, inserindo-o no universo da pesquisa. Então, para que a biblioteca desempenhe com eficiência seu papel de suporte aos usuários, deve oferecer-lhes espaço físico adequado com ventilação, internet, computadores, acervo de qualidade e em quantidade suficiente para atender a demanda. E além de atender as exigências inerentes à gestão da biblioteca e às demandas por parte dos cursos, a biblioteca universitária tem que atender as normas e exigências do Ministério da Educação (MEC) que, regula, supervisiona e avalia as instituições de educação superior e cursos superiores de graduação e sequenciais no sistema federal de ensino. Porém, apesar da sua importância, a biblioteca universitária vem enfrentado grandes desafios para oferecer serviços de qualidade, tanto por falta de recursos financeiros quanto recursos humanos e estrutura física, principalmente pelos entraves burocráticos no processo de compra de material bibliográfico. Isto é mais perceptível nas últimas políticas públicas impostas pelo governo federal que vem reduzindo e contingenciando cada vez mais os orçamentos da Educação, afetando diretamente as atividades das Universidades Federais e, consequente, o investimento necessário para aquisição, conservação e reposição do acervo. Neste cenário, é imprescindível a integração da biblioteca universitária no planejamento educacional da instituição, bem como promover interação adequada com a comunidade acadêmica, a fim de permitir o planejamento com qualidade e eficácia de seu acervo e implantar produtos que facilitem o acesso à informação. Assim, o presente trabalho tem por objetivo analisar a relação entre demanda, aquisição e uso de obras que compõem o acervo da Biblioteca Regional do Câmpus Universitário de Rondonópolis, a partir do relatório de empréstimo de acadêmicos dos cursos pesquisados como instrumento de avaliação do planejamento e utilização dos investimentos públicos em Educação. Para a construção deste trabalho e, consequentemente, o alcance do objetivo proposto, definiu-se pela pesquisa quali-quanti fazendo uso do estudo de caso, da análise documental, entrevistas semiestruturadas e questionários como coleta de dados. Para a análise documental, serão pesquisados os Projetos Pedagógicos de alguns cursos, contemplando os três institutos do Câmpus Universitário de Rondonópolis (CUR): Instituto de Ciências Humanas e Sociais (ICHS), Instituto de Ciências Exatas e Naturais (ICEN) e Instituto de Ciências Agrárias e Tecnológicas (ICAT), especificamente o referencial bibliográfico e as aquisições recentes demandadas pelos referidos cursos. No que se refere aos documentos da Biblioteca Regional do CUR, serão analisados os relatórios de empréstimos extraídos de sua base de dados pertinentes aos cursos a serem pesquisados com o intuito de verificar se a demanda, a aquisição e o efetivo uso estão em consonância. Quanto à entrevista semiestruturada e ao questionário, a opção é aplicar às pessoas responsáveis pela elaboração dos Projetos Pedagógicos dos cursos a serem pesquisados e à pessoa responsável pela gestão da Biblioteca.


Palavras-chave


Aquisição de acervo bibliográfico. Biblioteca. Leitura. Planejamento institucional.

Referências


BRASIL. Presidência da República. Casa Civil. Subchefia para Assuntos Jurídicos. LEI Nº 8.666, DE 21 DE JUNHO DE 1993. Regulamenta o art. 37, inciso XXI, da Constituição Federal, institui normas para licitações e contratos da Administração Pública e dá outras providências. Disponível em http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/LEIS/L8666cons.htm. Acesso em 25/09/2018

 

BRASIL. Presidência da República. Casa Civil. Subchefia para Assuntos Jurídicos.  LEI Nº 10.861, DE 14 DE ABRIL DE 2004. Institui o Sistema Nacional de Avaliação da Educação Superior – SINAES e dá outras providências. Disponível em http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/_ato2004-2006/2004/lei/l10.861.html Acesso em 25/09/2018

 

FERREIRA, Lucimar Silva. Bibliotecas universitárias brasileiras: análise de estruturas centralizadas e descentralizadas. São Paulo: Pioneira (Brasília): IML, 1980.

MILANESI, Luís. Biblioteca. 3. ed. Cotia, SP: Ateliê Editorial, 2013.

VERGUEIRO, Waldomiro de Castro Santos. Desenvolvimento de Coleções. São Paulo, SP: Polis, 1989.