Sistema de Eventos Acadêmicos da UFMT, X Mostra da Pós-Graduação: Direitos Humanos, trabalho coletivo e redes de pesquisa na Pós Graduação

Tamanho da fonte: 
Os desafios e potencialidade do seguro custeio na produção de milho em Mato Grosso
Débhora Tainnã Padilha

Última alteração: 25-10-18

Resumo


O gerenciamento de riscos no setor rural pode se dar de diversas formas, dentre eles, existe o seguro de custeio que assegura ao produtor uma possibilidade de replantio em caso de adversidades climáticas existentes na safra anterior. Ao permitir a proteção ao produtor de milho, o seguro de custeio assume o papel de instrumento de estabilização de renda, geração de emprego e promoção do desenvolvimento tecnológico para a economia do estado de Mato Grosso. As peculiaridades do setor de seguros estão ligadas as dificuldades relacionadas as falhas de mercados, as causas foram analisadas através das variáveis que influenciam na contratação do seguro custeio determinadas a princípio por meio do estimador mínimos quadrados ordinários (MQO), serão apresentados a análise exploratória dos dados e a aplicação de modelo log-log com o qual é possível realizar estimativas das variáveis do seguro agrícola. Dentro disso, serão utilizados dados de 89 (oitenta e nove) municípios de Mato Grosso, abordando as variáveis: produtores, apólices contratadas, área segurada (ha), taxa de prêmio (%), importância segurada (R$), prêmio (R$) e subvenção (R$), sendo analisado um período entre 2012 e 2016. Logo, o objetivo geral deste estudo é analisar e quantificar os fatores associados a demanda por seguro de custeio da cultura do milho para economia do estado de Mato Grosso. Tendo em vista isso, buscar-se-á como objetivos específicos: a) a análise de como essas variáveis associadas à demanda por seguros afetam positivamente e negativamente a contratação do seguro custeio; b) quais falhas do mercado podem estar relacionadas a contratação de seguro de custeio nos municípios de Mato Grosso. A justificativa do estudo é pautada no pequeno número de materiais relacionado ao tema em Mato Grosso, então faz-se necessário uma análise direcionada para a cultura do milho em relação ao seguro de custeio como instrumento de proteção ao risco, sua relevância para a economia mato-grossense e quais motivos desencadeiam a baixa procura pela contratação do seguro por parte dos produtores de milho. A variável área segurada relacionada ao número de produtores por ano, tem um papel fundamental na contratação do seguro custeio de milho, mostrando como um possível potencial influenciador na adesão, mas sua popularização ainda esbarra em problemas relacionados principalmente ao desestímulo em relação a baixa porcentagem de subvenção do Governo para cultura do milho safrinha no estado de Mato Grosso.



Palavras-chave


seguro custeio, agronegócio, milho, mato grosso

Referências


ADAMI, A. C. d. O.; OZAKI, V. A. Modelagem estatística dos prêmios do seguro rural. Revista de Política Agrícola, v. 21, n. 1, p. 60–75, 2012. Disponível em:< https://seer.sede.embrapa.br/index.php/RPA/article/view/73/60> Acesso em: 20 jan. 2018.

AKERLOFF, G.A. The market for “lemons”: quality uncertainty and the market mechanism. Quarterly Journal of Economics, Cambridge, v.84, n.3, p.488-500, Aug. 1970

BARNETT, B.; SKEES, J. An empirical analysis of the demand for multiple peril crop insurance. American Journal of Agricultural Economics, v. 76, n. 4, p. 948-951, nov. 1994.

BRASIL. DECRETO Nº 5.121, DE 29 DE JUNHO DE 2004. Regulamenta a Lei no 10.823, de 19 de dezembro de 2003, que dispõe sobre a subvenção econômica ao prêmio do Seguro Rural e dá outras providências. Brasília,DF, mar 2017. DisponÍvel em:http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/_ato2004-2006/2004/decreto/d5121.htm Acesso em: 20 jan. 2018.

CALDARELLI, C. E.; BACCHI, M. R. P. Fatores de influência no preço do milho no Brasil. Nova econ. v. 22, n. 1, Belo Horizonte, 2012.

CENTRO DE ESTUDOS AVANÇADOS EM ECONOMIA APLICADA – CEPEA PIB e Performance do Agronegócio CEPEA/USP/CNA. Piracicaba, São Paulo, 2017. Disponível em: <h http://www.cnabrasil.org.br/sites/default/files/sites/default/files/uploads/02_pib.pdf/. Acesso em:  16 jan. 2018.

CONAB. Acompanhamento da Safra Brasileira. Disponível em: < http://www.conab.gov.br/OlalaCMS/uploads/arquivos/18_02_08_17_09_36_fevereiro_2018.pdf> Acesso em 15 fev. 2018.

______.Boletim Grãos. Disponível em: <http://www.conab.gov.br/OlalaCMS/uploads/arquivos/16_01_12_09_00_46_boletim_graos_janeiro_2016.pdf> Acesso em 16 jan. 2018.

_______. Séries histórica milho. Disponível em: < http://www.conab.gov.br/conteudos.php?a=1252&t=&Pagina_objcmsconteudos=3#A_objcmsconteudos > Acesso em 01 fev. 2018.

E.D Assad; F.R Marin; NP Martin; HS Pinto; JZ Júnior. Análise de risco climático para competitividade agrícola e conservação dos recursos naturais. EMBRAPA Cerrado. Planaltina, Rio de Janeiro, 2008.

FERREIRA, A. L. C. J.; FERREIRA, L. R. Experiências internacionais de seguro rural: as novas perspectivas de política agrícola para o Brasil. Econômica, Rio de Janeiro, v. 11, n. 1, p. 131-156, junho 2009.

GOODWIN, B. K. An empirical analysis of the demand for Multiple Peril Crop Insurance. American Journal of Agricultural Economics, v. 75, n. 2, p. 425-434, 1993.

GUIMARÃES, M. Fernandes; NOGUEIRA, J. Madeira. A experiência norte-americana com o seguro agrícola: lições ao Brasil? Revista de economia e sociologia rural, Piracicaba, v. 47, n. 1, p. 27-58, jan.-mar. 2009. Disponível em: < http://www.scielo.br/scielo.php?pid=S0103-9000100002&script=sci_arttext&tlng=es> Acesso em: 23 jan. 2018.

GUIMARÃES, Thais Camolesi; IGARI, Alexandre Toshiro; CARIDADE, Annelise Vendramini Da Silva. Mudanças climáticas, seleção adversa e o seguro agrícola no Brasil. XVI ENGEMA - Encontro Internacional sobre Gestão Empresarial e Meio Ambiente, 2015. Disponível em: http://engemausp.submissao.com.br/17/anais/arquivos/253.pdf Acesso em : 15 jan. 2018.

GUJARATI, D.. Econometria Básica. 4. ed. Rio de Janeiro: Campus, 2006.

INSTITUTO MATO-GROSSENSE DE ECONOMIA AGROPECUÁRIA−IMEA. Estudos e projetos: cluster de etanol de milho. 2017. Disponível em: <http://www.imea.com.br/imea-site/view/uploads/estudos-customizados/AnaliseClusterEtanolMilho.pdf >. Acesso em: 29 jan. 2018.

JUST, R. E.; CALVIN, L.. An empirical assessment of adverse selection in U.S. crop insurance. 1993. Disponível em: <http://ageconsearch.umn.edu/bitstream/197827/2/agecon-maryland-95-16.pdf>. Acesso em: 15 jan. 2018.

MAPFRE SEGUROS. Informações gerais. Disponível em: < https://www.mapfre.com.br/seguro-br/para-seus-negocios/agronegocios/seguro-rural/colheita-garantida/condicoes.jsp> Acesso em: 29 jan. 2018