Sistema de Eventos Acadêmicos da UFMT, X Mostra da Pós-Graduação: Direitos Humanos, trabalho coletivo e redes de pesquisa na Pós Graduação

Tamanho da fonte: 
CRECIMENTO DAS INDÚSTRIAS NÃO-PETROLÍFERAS COM UMA ECONOMIA DOLARIZADA, EQUADOR 2000-2018
Elias Alfredo Muñoz

Última alteração: 25-10-18

Resumo


A dolarização é o processo no qual um país adota o uso da moeda norte-americana (EUA). Esse processo pode ocorrer oficialmente ou não oficialmente, bem como se manifestar espontaneamente em agentes econômicos. Este trabalho procurará estimar as consequências da dolarização no crescimento das produções não-petrolíferas de exportação, como são as exportações de produtos agrícolas e agropecuárias. Bem como demonstrar as barreiras existentes de uma taxa de câmbio extra-fixa no contexto do comércio internacional. Além disso, pretende-se avaliar a concessão de créditos produtivos subsidiados, as políticas de incentivos fiscais e demais políticas adotadas com o objetivo de promover a produção de bens não-petrolíferos no Equador. As informações estatísticas do Instituto Nacional de Estadísticas y Censos (INEC), do Banco Central do Equador (BCE) e de outras instituições seriam usadas para cumprir os objetivos. A análise seria realizada de 2000 a 2018, a partir de 2000, porque foi o ano em que a dolarização foi estabelecida.


Palavras-chave


Dolarização - câmbio extra-fixa - Avaliação de políticas publicas

Referências


HAUSMANN, Ricardo; RODRIK, Dani. Economic development as self-discovery. Journal of development Economics, v. 72, n. 2, p. 603-633, 2003.

HAUSMANN, Ricardo; HWANG, Jason; RODRIK, Dani. What you export matters. Journal of economic growth, v. 12, n. 1, p. 1-25, 2007.

MICHAELY, Michael. Trade, income levels, and dependence. 1984.

KOZICKI, Sharon et al. How useful are Taylor rules for monetary policy?. Economic Review-Federal Reserve Bank of Kansas City, v. 84, p. 5-34, 1999.

GOMEZ, Rodrigo Thadeu. Análise das relações entre taxa de câmbio e balanço de pagamentos no brasil em um modelo de vetores autorregressivos (var)

RODRIGUES, Elizeu Elias et al. Taxa de câmbio e competitividade internacional dos setores de transformação da economia brasileira. 2015.