Sistema de Eventos Acadêmicos da UFMT, X Mostra da Pós-Graduação: Direitos Humanos, trabalho coletivo e redes de pesquisa na Pós Graduação

Tamanho da fonte: 
LIVRO DIDÁTICO PARA ALFABETIZAÇÃO NA PERSPECTIVA DO LETRAMENTO ESCOLAR: UM OLHAR SOBRE A LINGUAGEM
Lucilene Rosa dos Santos Gonçalves, Sandra Regina Franciscatto Bertoldo

Última alteração: 20-10-18

Resumo


Harmonizar os processos de alfabetizar e letrar nos três primeiros anos do Ensino Fundamental é um desafio que se coloca ao longo do processo de ensino e aprendizagem. Assim, o tema em foco nesta investigação é a abordagem que é feita sobre a linguagem e seus eixos nos livros didáticos de Língua Portuguesa por meio das atividades propostas, com vistas a propiciar a proficiência na alfabetização. A presente pesquisa está ligada ao Grupo de Pesquisa Alfabetização e Letramento Escolar (ALFALE), do Programa de Pós-Graduação em Educação, do Instituto de Ciências Humanas e Sociais, da Universidade Federal de Mato Grosso - Câmpus Universitário de Rondonópolis (PPGEdu/CUR/UFMT), na linha de pesquisa: Linguagens, Cultura e Construção de Conhecimento: perspectivas histórica e contemporânea. Baseando-nos no Glossário Ceale (2014) que propõe o ensino de Língua Portuguesa organizado em torno dos quatro eixos da linguagem (leitura, escrita, oralidade e conhecimentos linguísticos) e apresenta os gêneros textuais como objeto de ensino e, considerando ainda, que a grande maioria dos professores alfabetizadores atuantes em salas de aula utiliza o livro didático como material de apoio no processo de ensino e de aprendizagem, interessa-nos investigar, a partir da análise de três volumes da mesma coleção de livro didático utilizado no 1º Ciclo do Ensino Fundamental, como esses eixos se apresentam nestes materiais e se as atividades contidas neles propiciam de forma progressiva a consolidação  da proposta de alfabetização e letramento ao término do 1º Ciclo. Os livros analisados são materiais enviados pelo Programa Nacional do Livro Didático (PNLD) e servirão como objeto de análise os três volumes da mesma coleção, 1º, 2º e 3º anos do ciclo de alfabetização, os quais estão sendo usados pelas redes de ensino municipal e estadual, em Rondonópolis, para os anos letivos de 2016, 2017 e 2018. A análise se dará por meio da descrição de como aparecem e o tratamento que é dado aos quatro eixos da linguagem na composição dos volumes escolhidos. A pesquisa se estende para uma análise comparativa entre esses volumes, observando se as atividades que cada um apresenta contribuem para a aquisição e domínio da língua escrita em seus usos sociais. A investigação será dirigida com base nos pressupostos teórico-metodológicos da pesquisa qualitativa documental, adotando os métodos e procedimentos da pesquisa bibliográfica e descritiva. Apoiamo-nos em teóricos que discutem a linguagem sob a perspectiva sócio-histórica e dialógica, como Bakhtin (2006), e interacionista e sociodiscursiva voltada à didática e ao ensino da língua materna, como Vigotski (2008) e Dolz e Schenewly (2004). Também nos respaldamos em autores que escrevem sobre as teorias de alfabetização e letramento, como Magda Soares (2017), Mortatti (2004) e outros. A pesquisa está em fase de descrição e comparação dos dados analisados, mas já é presumível que não seja possível atingir a proficiência na alfabetização utilizando o livro didático como único recurso. É preciso propiciar leituras diversificadas e sequências de atividades capazes de promover o desenvolvimento integral da criança em relação à linguagem.

Palavras-chave


Alfabetização. Linguagem. Livro Didático.

Referências


BAKHTIN, Mikhail. Marxismo e Filosofia da Linguagem. 12ª ed. São Paulo: Hucitec, 2006.

 

BUNZEM, Clecio. Ensino de Língua Portuguesa. Glossário Ceale: Termos de alfabetização, leitura e escrita para educadores. Belo Horizonte: FaE, 2014. Disponivel em

http://ceale.fae.ufmg.br/app/webroot/glossarioceale/verbetes/ensino-de-lingua-portuguesa. Acesso em 11/10/2018.

 

DOLZ, Joaquin.; SCHNEUWLY, Bernard. Gêneros orais e escritos na escola. Tradução e organização Roxane Rojo e Glaís S. Cordeiro. Campinas, SP; Mercado das Letras, 2004.

 

MORTATTI, Maria do Rosário Longo. Educação e letramento. São Paulo: UNESP, 2004.

 

VIGOTSKI, L. S. Pensamento e linguagem. 2ª ed. São Paulo: Martins Fontes, 1998.