Sistema de Eventos Acadêmicos da UFMT, X Mostra da Pós-Graduação: Direitos Humanos, trabalho coletivo e redes de pesquisa na Pós Graduação

Tamanho da fonte: 
Renato Russo: Aspectos de Uma Poética Moderna
Luciano Carneiro Alves, Teresinha Rodrigues Prada Soares

Última alteração: 16-10-18

Resumo


Poética do Pessimismo. Poética Romântica. Poética do Cotidiano. Nos estudos acadêmicos sobre a obra de Renato Russo, estes três qualificativos resumem características bem diversas sobre a obra deste compositor do pop-rock no Brasil. Pesquisadores de diversas áreas têm se dedicado a construir interpretações de suas canções, bem como das relações discursivas que se estabeleceram a partir delas, constituindo um debate sobre quais os elementos, estéticos, dialógicos, sociais, históricos, etc. que caracterizam a poética do artista. A proposta aqui é contribuir com este debate, dialogando com três estudos que utilizam os qualificativos acima citados e sugerindo uma leitura mais transversal: a poética moderna de Renato Russo. O argumento principal é que se em sua trajetória musical (desde as primeiras composições na década de 1970, até sua morte em 1976), Russo mobiliza um conjunto de referências que ajudam-no a construir uma poética que se consolida a partir das canções do disco “As Quatro Estações” (1989) em busca de uma proposta de por meio de sua arte ter caminhos para a viabilização de suas utopias.


Palavras-chave


Renato Russo; Poética; Modernidade

Referências


ASSAD, Simone. Renato Russo de A a Z. Campo Grande: Letra Livre, 1997.

ÁVILA, Jânio Tomé Matias de. O Pessimismo como Um Devir. Uma poética dos anos oitenta. Florianópolis, 2011. Tese (Doutorado em Literatura). UFSC.

AVILA, Paulo Silva de. A Poética Romântica de Renato Russo. Vassouras-RJ, 2008. Monografia (Graduação em Letras), Univ. Serverino Sombra.

AZAMBUJA, Renata (cur.). Renato Russo Manfredini Junior (Catálogo). Brasília-DF: Centro Cultural Banco do Brasil, 2004.

BAKHTIN, Mikhail. Estética da Criação Verbal. 2ª ed. São Paulo: Martins Fontes, 1997.

___. Questões de Literatura e Estética. A Teoria do Romance. 4ª ed. São Paulo: UNESP/Hucitec, 1998.

BOURDIEU, Pierre. As Regras da Arte. São Paulo: Cia. das Letras, 2005.

CHARTIER, Roger. À Beira da Falésia. A História entre certezas e inquietudes. Porto Alegre: EDUFRGS, 2002.

MARCHETTI, Paulo. O Diário da Turma 1976-1986: A história do rock de Brasília. São Paulo: Conrad, 2001.

OZÓRIO, Elisangela Maria. A Poética do Cotidiano em Renato Russo. A letra e a música como resistência e contestação. São Paulo, 2011. Dissertação (Mestrado em Literatura e Crítica Literária), PUC-SP.

PAREYSON, Luigi. Os Problemas da Estética. São Paulo: Martins Fontes, 1997.

RUSSO, Renato. Entrevista. In: LEONI. Letra, Música e Outras Conversas. Rio de Janeiro: Gryphus, 1995.

VIANNA, Hermano. Por Enquanto – 1984-1995. (Encarte da Coleção Por Enquanto). Rio de Janeiro: EMI Brasil, 1995.