Sistema de Eventos Acadêmicos da UFMT, X Mostra da Pós-Graduação: Direitos Humanos, trabalho coletivo e redes de pesquisa na Pós Graduação

Tamanho da fonte: 
A EVASÃO NO ENSINO SUPERIOR E A CONTRIBUIÇÃO DO PNAES: Estudo sobre o (des) encontro entre acesso e permanência na UFMT
Gilvane Maria Oliveira

Última alteração: 19-10-18

Resumo


O estudo que estamos nos propondo desenvolver tem como objetivo analisar a materialidade de um dos objetivos primordiais previstos pela Política Nacional de Assistência Estudantil- PNAES que é a redução da evasão, tomando como base os cursos de graduação presencial da UFMT que possuem maior número de estudantes amparados pela assistência estudantil. A pretensão é fazer uma análise comparativa entre a taxa de evasão nesses cursos antes e depois da implantação do PNAES. Vale ressaltar que uma das ações que resultaram do processo de expansão do ensino superior (LDB, 1996; REUNI, 2007) foi o decreto 7.234 de 19 de Julho de 2010, que dispõe sobre o PNAES cuja finalidade é aumentar as condições de permanência dos jovens na educação superior pública federal, oferecendo uma série de modalidades assistenciais que visam a articulação entre ensino, pesquisa e extensão de modo a contribuir com o processo de formação dos estudantes. Um dos objetivos previstos pelo PNAES é o de reduzir as taxas de evasão, pois a evasão no ensino superior é um fenômeno que tem sido recorrente e por isso é objeto de preocupação mundial. No Brasil essa preocupação se expressa na adoção de algumas medidas por parte do Estado como, por exemplo, a formação de uma comissão especial de estudos sobre evasão nas universidades em 1996 e na implantação de políticas que visam o enfrentamento da problemática como o REUNI e o referido PNAES. No Brasil, há inúmeros estudos relacionados a esse fenômeno que apresentam uma polissemia conceitual sobre o termo evasão, demonstrando que não há consenso quanto ao seu significado. Em fase inicial essa pesquisa tem se ocupado em realizar uma aproximação à temática buscando adquirir precisão conceitual sobre a evasão cujo significado transita entre a desistência em sua forma bruta e o desligamento do estudante da instituição ou do curso, sem a devida conclusão, representando o afastamento definitivo por decisão do próprio estudante ou por desligamento institucional. É uma pesquisa exploratória de natureza qualitativa que proporcionará maior aprofundamento na análise do objeto na perspectiva da totalidade. Como procedimentos metodológicos utilizaremos a pesquisa bibliográfica para o devido tratamento teórico sobre o tema constituindo-se ademais em recursos analíticos e possíveis explicações, além disso, utilizaremos a pesquisa documental para levantamento dos dados referentes aos estudantes evadidos antes e após a implantação da política de assistência estudantil para, desta forma, analisar a materialidade do objetivo de redução da  evasão previsto pelo PNAES identificando e refletindo sobre as causas do fenômeno.

Palavras-chave


Evasão. Ensino Superior. Assistência Estudantil. PNAES.