Sistema de Eventos Acadêmicos da UFMT, VIII Mostra de Extensão

Tamanho da fonte: 
A influência da Equoterapia para crianças
Iasmin Amaral Moussa

Última alteração: 27-09-17

Resumo


A Equoterapia utiliza o cavalo em um processo terapêutico com o objetivo de melhorar as atividades motoras e cognitivas do praticando. Opera com uma equipe multidisciplinar, composta por fisioterapeutas, psicólogos, médicos veterinários, entre outros, que auxiliam na execução da terapia, tanto pelos conhecimentos prévios que os profissionais trazem para atividade, com um caráter educativo, quanto na utilização deste para a execução das intervenções com o paciente.

Quando aplicada em crianças, nota-se que a Equoterapia possui um ganho e influência maior, pois a criança está em pleno processo de desenvolvimento. Por isso, é importante a realização de exercícios que visam uma intervenção para uma postura mais adequada, sendo eles realizados em cima do cavalo. Estas práticas interventivas são de extrema importância para crianças PcD, que apresentam algum tipo de distúrbio motor, incluindo também a utilização de materiais e estimulação audiovisual, todos esses recursos entrelaçados e apresentados ao longo do trajeto. Por conta desse processo de desenvolvimento, a Equoterapia tem sido muito utilizada para tratamento de crianças que apresentam diversos quadros, muitas vezes eles possuem alguma comorbidade, são crianças que possuem o Transtorno de Espectro Autista, crianças com TDAH, com Síndrome de Down, entre outros.

É observado nos pacientes que utilizam a Equoterapia como tratamento uma melhora significativa em suas atividades, demonstrando que as crianças possuem ganhos psicológicos, educacionais e uma melhora significativa em sua autoestima, mostrando um significativo desenvolvimento psicossocial.

 


Palavras-chave


Equoterapia; crianças; desenvolvimento.

É necessário inscrever-se na conferência para visualizar os documentos.