Sistema de Eventos Acadêmicos da UFMT, VIII Mostra de Extensão

Tamanho da fonte: 
LABORATÓRIO DE APRENDIZAGEM AVANÇADA: EXPERIÊNCIAS COMPARTILHADAS NA INTERAÇÃO ENTRE EU E O OUTRO NO PROCESSO DE APRENDIZADO DA LÍNGUA PORTUGUESA COMO L2 PARA O ESTUDANTE SURDO
Sebastiana Almeida Souza

Última alteração: 28-09-17

Resumo


Esta pesquisa almeja apresentar, sob a luz de teorias enunciativo-discursivas, o funcionamento do Laboratório de Aprendizagem Avançada (LAA). Ressalta-se que o Laboratório encontra-se fundamentado pelo Decreto nº 5626/2005, Capítulo IV, § 1o, ,que garante o atendimento educacional especializado nas instituições federais de ensino. Desse modo, o LAA tem como objetivo proporcionar esse atendimento especializado aos graduandos surdos, estabelecendo um processo de construção e compartilhamento de saberes entre os participantes, numa perspectiva interativa/dialógica de viés bakhtiniana. No Laboratório, portanto, são desenvolvidas atividades que tem auxiliado na demonstração de como é efetivado o processo de construção do conhecimento pelo estudante surdo, com base nos experimentos de resolução dos conceitos, sempre tendo em vista um caráter interativo e dialógico no encontro do eu e do outro (das palavras deles-alunos e das minhas contrapalavras-pesquisadora). Essa forma de atendimento promove a constituição de variados temas a partir das significações trabalhadas, na medida em que surgem as dúvidas, descobertas, conceitos e situações de aprendizagem, numa perspectiva de sujeitos aprendentes para todos os envolvidos no processo. O estudo, em andamento, está sendo desenvolvido através da pesquisa-ação, fundamentado no arcabouço teórico de Bakhtin e o Círculo e nas contribuições de Vygotsky sobre aprendizagem na perspectiva sócio-histórica. Os conceitos bakhtinianos sobre interação, linguagem, aprendizagem, exotopia, signo ideológico, tema-significação e alteridade constituem o eixo condutor no nosso trabalho, uma vez que aquilo que se pretende, nestes encontros experimentais, é obter uma metodologia para o ensino da Língua Portuguesa, em uso, como L2 para estudantes surdos. Participam como sujeitos cinco estudantes surdos aluno do Curso de Letras Libras-Licenciatura/UFMT, além da pesquisadora.

Palavras-chave: Laboratório de Aprendizagem Avançada, Ensino de Língua Portuguesa, aprendizagem.


Palavras-chave


Laboratório de Aprendizagem Avançada; Ensino de Língua Portuguesa; aprendizagem

É necessário inscrever-se na conferência para visualizar os documentos.