Sistema de Eventos Acadêmicos da UFMT, VIII Mostra de Extensão

Tamanho da fonte: 
Biodanza
Douglas Souza Barbosa, Priscilla De Arruda Lima Ancristhian, Jonatas Deivyson Reis Da Silva Duarte

Última alteração: 02-10-17

Resumo


Biodanza é um sistema de integração afetiva, renovação orgânica e reaprendizagem das funções originárias de vida. Baseada em vivências induzidas pela dança, pelo canto e por situações de encontro em grupo, foi criada pelo chileno Rolando Toro Araneda na década de 60. Esta abordagem tem por objetivo preconizar o desenvolvimento da afetividade, da percepção ampliada e da expansão da consciência ética como prioridade absoluta na formação e desenvolvimento humanos. De maneira geral, a ação da Biodanza consiste em estimular um conjunto com cinco potenciais humanos: vitalidade, sexualidade, criatividade, afetividade e transcendência.

A Biodanza é uma atividade grupal, porque através da interação com outras pessoas ocorre o processo de crescimento. De acordo com a abordagem feita nas vivências, não há uma evolução solitária. Os exercícios são programados em ordem progressiva para atingir níveis evolutivos mais elevados, eles não são, portanto, exercícios de valor isolado, no sentido de um inventário. Estes são organizados para gerar um processo de mudança de modo que a prática contínua da Biodanza é importante até seus efeitos se estabilizarem.

Os mecanismos de ação das vivências atuam a partir de quatro poderosos fatores de mudança que convergem para o organismo como um todo. São eles: exercícios de integração sensorial-motor, afetivo motor e expressão, situações de encontro e contato, efeitos da música em si e efeitos dos exercícios de transe e regressão, sobre renovação orgânica e expansão da consciência.

É por meio da corporeidade, ‘‘corpo que fala corpo que sente corpo que dança’’, que a pessoa revela seu modo de sentir. Os movimentos conectados com as emoções dão forma, cor, brilho na expressão do rosto contextualizado no momento. Por isso é importante ressaltar que durante as vivências realizadas os integrantes usam formas diferentes da forma verbal para se comunicar. Tais como expressão facial, o toque, o sorriso, o olhar e a emoção.

Assim, Biodanza atua na oscilação da consciência intensificada de si mesmo e da regressão (consciência diminuída de si mesmo), levando ao desbloqueio afetivo e a ativação instintiva, o que possibilita um despertar para o desenvolvimento de potencialidades que foram reprimidas. Diante disso, a solução proposta por Biodanza consiste em abandonar os padrões culturais alienantes para permitir a expressão dos padrões biológicos arcaicos, destinados a restabelecer a ordem e o equilíbrio emocional-existencial.


Palavras-chave


Biodanza; Afetividade; Renovação orgânica; Interação.

É necessário inscrever-se na conferência para visualizar os documentos.