Sistema de Eventos Acadêmicos da UFMT, VIII Mostra de Extensão

Tamanho da fonte: 
Patrimônio Imaterial Pantaneiro em Exposição
Natalia Noemia Carvalho Ramires

Última alteração: 28-09-17

Resumo


A Exposição Itinerante tem como objetivo divulgar a importância dos principais bens culturais e da imensa diversidade que possui no território  matogrossense, como as praticas indígenas possuindo 42 etnias, afro descendente, remetendo principalmente as práticas culturais de Vila Bela da Santíssima Trindade  e o pantaneiro, vinculado as tradições da baixada cuiabana, associados as práticas das comunidades ribeirinhas.

Na Mostra de Extensão, vamos tratar da nossa participação e da pesquisa que desenvolvemos no projeto de extensão, sendo essas voltadas para as práticas das comunidades tradicionais, que é o Patrimônio Imaterial Pantaneiro, associadas as comunidades ribeirinhas, que estão dentro das categorias como as celebrações, as festas de santos, a famosa festa de São Benedito, de São Gonçalo. Os ofícios e modo de fazer, como as violas de cocho, a cerâmica de São Gonçalo, o guaraná ralado, a rede cuiabana. As formas de expressões, como o siriri, cururu, dança dos mascarados que ocorre em Poconé e os lugares como o Pantanal, lembrando que este é considerado pela UNESCO como Patrimônio Natural da Humanidade, o morro de Santo Antonio, o rio Cuiabá que deu o nome a capital, entre outras imensuráveis praticas que ocorre na baixada cuiabana.

Portanto, acreditamos que este projeto é essencial para a nossa formação pessoal e educacional, como também para todas as cidades, comunidades e pessoas que já tiveram oportunidade de conhecer e participar das ações que são associadas a esse projeto, como os mini cursos e oficinas sensibilizando-os, aprendendo e valorizando a cultura popular.

 


É necessário inscrever-se na conferência para visualizar os documentos.