Sistema de Eventos Acadêmicos da UFMT, VIII Mostra de Extensão

Tamanho da fonte: 
PERFIL DAS CASTRAÇÕES REALIZADAS EM CANINOS E FELINOS NO HOVET/UFMT, NO PERÍODO DE 01-09/2017
Matheus Anthony Mendes, Alexandre Pinto Ribeiro

Última alteração: 27-09-17

Resumo


O Projeto Castração de Cães e Gatos do Hospital Veterinário da Universidade Federal do Mato Grosso (HOVET-UFTM) visa a isenção total ou parcial de custos relativos aos procedimentos de castração baseado na renda familiar do proprietário. Neste, objetivou-se avaliar o perfil das castrações realizadas em caninos e felinos, machos (orquiectomia) e fêmeas (ovário histerectomia – OH) atendidos na rotina do Serviço de Clínica Cirúrgica do HOVET-UFMT, no período de janeiro a setembro de 2017. A metodologia utilizada foi a avaliação retrospectiva das fichas de pacientes caninos e felinos, selecionados para castração eletiva e terapêutica. Dados relativos à espécie, sexo e se o procedimento foi realizado via projeto castração (PCa) ou via procedimento custeado (PCu) foram abordados. No período avaliado, foram realizadas 238 castrações, representando 40,4% dos procedimentos realizados pelo setor de Clínica Cirúrgica de Pequenos Animais. Das 44 orquiectomias eletivas realizadas, todas foram todas feitas por PCa. Relativamente as OH, 194 procedimentos foram realizados. Desse contingente, 94 OHs foram com finalidade terapêutica, sendo 51 cirurgias via PCu e 43 por PCa. Relativamente às OHs eletivas, 100 procedimentos foram realizados. Em gatas, 42 cirurgias foram realizadas via PCa e 1 via PCu. Já nas cadelas, 28 cirurgias foram realizadas via PCa e 29 via PCu. Conclui-se que no período avaliado, das 238 castrações realizados no HOVET/UFMT, 47,47% tiveram isenção total de custos, pois foram incluídas em projetos de pesquisas ou aulas práticas de cirurgia.


Palavras-chave


Projeto de extensão; Castração de cães e gatos; Cirurgia HOVET – UFMT

É necessário inscrever-se na conferência para visualizar os documentos.