Sistema de Eventos Acadêmicos da UFMT, VIII Mostra de Extensão

Tamanho da fonte: 
Importância das áreas verdes urbanas
bruno Sardinha zavatti

Última alteração: 27-09-17

Resumo


A qualidade de vida da população urbana está relacionada diretamente a vários fatores, que estão vinculados à infra estrutura das cidades, o desenvolvimento sócio econômico da população e a condição ambiental local. Neste último, encaixam-se as áreas verdes públicas, que constituem elementos imprescindíveis para o bem-estar dos cidadãos, pois influenciam diretamente a saúde física e mental da população. As áreas verdes apresentam inúmeras funções, sendo as principais: ecológica, estética e social. Esses espaços contribuem ecologicamente na medida em que os elementos naturais que os compõem minimizam os impactos decorrentes da industrialização e urbanização. A função estética está vinculada, principalmente, no papel de integração entre os espaços construídos e os destinados à circulação. A função social está diretamente relacionada à oferta de espaços para o lazer da população. Para a população das cidades, as áreas verdes urbanas são se extrema importância, pois melhora a qualidade de vida. Elas agem simultaneamente sobre o lado físico e mental do Homem, atenuando o calor do sol, elevando a umidade relativa do ar, absorvendo ruídos da rua, constitui-se em eficaz filtro das partículas sólidas em suspensão no ar, atenua o sentimento de opressão causada pelas grandes edificações, contribui para a formação e o aprimoramento do senso estético, entre tantos outros benefícios. Entretanto, para desempenhar plenamente seu papel, a arborização urbana precisa ser desenvolvida, implantada e aprimorada a partir de um melhor planejamento. O aumento da valorização das áreas verdes e da arborização urbana e residencial na qualidade de vida do Homem e o crescente uso do paisagismo em diversos setores da economia vem estimulando a criação de empresas especializadas em fornecer insumos e prestação de serviços para esse setor. Contudo, tem se verificado que há poucos profissionais capacitados a atuar nesses ramos, principalmente na área de produção de flores e plantas ornamentais, insumos básicos que compões qualquer projeto paisagístico, e na elaboração, implantação e acompanhamento de projetos, garantindo a seleção das espécies adequadas para cada local de cultivo, a execução correta do preparo do solo, irrigação e nutrição das plantas, garantindo que elas se desenvolvam a apresentem os efeitos desejados aos clientes.


Palavras-chave


paisagismo

É necessário inscrever-se na conferência para visualizar os documentos.