Sistema de Eventos Acadêmicos da UFMT, VIII Semana de Psicologia da UFMT

Tamanho da fonte: 
Relato de vivência de estágio numa federação de trabalhadores rurais no estado de Mato Grosso
Isabela Fernanda Mendes de Almeida, Silvania Gimenes de Sousa, Rose Angela Passos Bueno

Última alteração: 07-07-19

Resumo


Neste primeiro semestre do ano de 2019 teve início o estágio externo supervisionado específico no cotidiano da psicologia organizacional e do trabalho do curso de Psicologia de um centro universitário localizado no estado de Mato Grosso. Através da proposta de estágio pode-se ter acesso à diversas organizações para obter autorização para realização do estágio no modelo de consultoria. Esse modo de atuar consiste em realizar ações pontuais diagnósticas e interventivas. Segundo Block (2004), quando se aconselha alguém que está diante de uma escolha, isso é atividade de consultoria e ainda destaca a capacidade de privilegiar sentimentos mais que conteúdos, o que gera uma relação de confiança, fazendo com o que o cliente assuma em partes iguais a responsabilidade pelo resultado do trabalho. Para consecução do estágio foi necessário a criação de uma consultoria Júnior (que representa acadêmicos em formação) e um portfólio contendo os serviços que podem ser prestados nas organizações.  No entanto, a organização encontrada para estágio foi uma federação dos trabalhadores na agricultura do Estado de Mato Grosso fundada em 1971 e que representa os interesses e anseios de trabalhadores e trabalhadoras rurais definidos como tais na legislação, bem como os assalariados e assalariadas rurais e ainda aqueles que exerçam suas atividades em regime de economia familiar nos termos da lei. Tem como missão a atuação a fins de estudos, representação, reivindicação, apoio, defesa, e coordenação dos interesses profissionais, individuais e coletivos dos trabalhadores e trabalhadoras rurais envolvendo os agricultores familiares (as) assalariados (as) rurais do Estado de Mato Grosso. Foi apresentado à instituição o portfólio à contendo os seguintes serviços organizacionais: recrutamento e seleção, descrição de cargo, pesquisa de clima, treinamento. No entanto, o contexto de atuação do estágio foi diferente do que se previa quando se pensou numa proposta de consultoria organizacional  sendo necessário uma readequação para atuar no contexto da Psicologia Organizacional.Um tema fundamental a ser tratado de modo interdisciplinar é o sofrimento e a necessidade de criação de novos dispositivos de atenção psicossocial tendo em vista os assédios e violências psicológicas no trabalho apontando novas práxis para o psicólogo do trabalho. (LEÃO, 2012). A instituição apresentou e uma demanda de atuação junto à pasta de formação e organização sindical de mulheres e juventude direcionado às mulheres do campo, da floresta e das águas e juventude rural. A federação possui vários eventos entre as que se destacam a “Marcha das Margaridas” que consiste numa mobilização de mulheres nacional, em busca de direitos iguais, fim da violência contra as mulheres e o racismo, dentre outras reivindicações. Para melhor compreensão do campo do estágio, realizou-se leituras bibliográficas, estudos e discussões durante as orientações acadêmicas.A federação forneceu aparatos informacionais e toda a estrutura física para acompanhamento da organização da Marcha das Margaridas que ocorrerá em Brasília no mês de agosto de 2019. Este evento é realizado desde o ano 2000 e leva esse nome pois Margarida Maria Alves, uma trabalhadora rural nordestina, e líder sindical influente que ocupou por 12 anos, a presidência do Sindicato dos Trabalhadores Rurais de Alagoa Grande, foi brutalmente assassinada. Tem o intuito de divulgar e dar ênfase ao evento, levando assim aos demais municípios e seus sindicatos dos trabalhadores rurais envolvidos, a importância da participação  das mulheres do campo, da floresta e das águas. Como demanda, foi solicitado a reorganização da cartilha já existente da Marcha das Margaridas de forma resumida e em formato de slides com o intuito de facilitar a leitura e compreensão nos eventos e em outros municípios. Dando continuidade ao processo de divulgação, foi solicitado que, se elaborasse publicações relacionadas aos temas e ações da federação junto aos jovens e mulheres para divulgação através da mídia social virtual. Ter a oportunidade de conhecer e trabalhar em conjunto no auxílio e desenvolvimento da Marcha das Margaridas, foi extremamente relevante que a maioria das pessoas desconhece o que acontece no campo. O aprendizado se constituiu na conscientização da existencia da violência e outros problemas ocorridos no campo e pouco divulgados pela mídia principalmente às mulheres. É importante ressaltar a importância de poder estagiar nesse campo de atuação com ênfase no trabalho e no trabalhador pois é incomum o acesso a este tipo de organização durante  a formação acadêmica.

Palavras-Chave: Psicologia Organizacional e do Trabalho, Relato de vivência, trabalhadores rurais.

Referências

Leão, Luís. Psicologia do Trabalho: aspectos históricos, abordagens e desafios atuais. ECOS - Estudos Contemporâneos da Subjetividade. Rio de Janeiro, 2012.