Sistema de Eventos Acadêmicos da UFMT, I Congresso Nacional para Salvaguarda do Patrimônio Cultural ​

Tamanho da fonte: 
INTERLOCUÇÕES ENTRE O CAMPO TEÓRICO DA PRESERVAÇÃO E AS PRÁTICAS DE INTERVENÇÃO EM ARQUITETURA MODERNA: O CASO DA FIESP
Thais Silva Santos

Prédio: Instituto Nacional de Pesquisas do Pantanal
Sala: Apresentação Artigos 03
Data: 05-10-2017 11:50  – 12:10
Última alteração: 22-11-17

Resumo


O artigo tem por objeto a intervenção realizada no edifício da Fundação das Indústrias do Estado de São Paulo (Fiesp), segundo projeto de remodelação das áreas de acolhimento elaborado pelo arquiteto Paulo Mendes da Rocha em parceria com o escritório MMBB. Mesmo não sendo um edifício tombado pelos órgãos de preservação, reconhece-se seu valor patrimonial por meio da historiografia e sua contribuição para a construção da identidade paulista. Estabelece-se como critérios de análise a postura e os procedimentos adotados na intervenção em preexistência, enfocando a relação entre preceitos (campo teórico) e práticas (projeto) de intervenção no patrimônio arquitetônico moderno, contribuindo assim para o conhecimento sobre processos envolvendo sua preservação.

 

Palavras-chave: Preservação; Intervenção; Arquitetura Moderna; Fiesp.


Texto completo: PDF