Sistema de Eventos Acadêmicos da UFMT, IX Mostra da Pós-Graduação

Tamanho da fonte: 
A DIMENSÃO INVESTIGATIVA NO EXERCÍCIO PROFISSIONAL DO ASSISTENTE SOCIAL NA SAÚDE
Jaqueline Dayane da Silva Medeiros, Janaina Carvalho Barros

Última alteração: 24-09-17

Resumo


Esta dissertação propõe uma análise acerca da dimensão investigativa no exercício profissional do Assistente Social, vinculado à Política de Saúde do município de Cuiabá-MT. Teve referência em autores como Guerra (2009); Iamamoto (2015); Baptista (2001); Battini (2009) e Bourguignon (2008), que compreendem a dimensão investigativa no exercício profissional como ida a dimensão do “novo” na profissão, o que coloca a capacidade de atribuir a intervenção respostas mais consequentes, propositivas, a partir da capacidade crítica investigativa de análise da realidade. Essa relação imprime ao exercício profissional a qualidade e o compromisso prático na maneira de lidar com as expressões da questão social e com a dimensão intelectual da profissão. Para o alcance dos objetivos propostos utilizamos da pesquisa descritiva de natureza qualitativa, tendo como instrumentos de coletas de dados a técnica da entrevista de maneira livre, apropriada para a coleta de “depoimentos pessoais” (QUEIROZ, 1991). A entrevista foi realizada com 6 (seis) Assistentes Sociais vinculados à Secretaria Municipal de Saúde (SMS) de Cuiabá-MT. A pesquisa revela o parco conhecimento pelos profissionais da relação entre as dimensões investigativa e interventiva; como a fragilidade na identificação e apreensão das atribuições privativas do Assistente Social nos espaços de atuação, o que dificulta a superação das práticas imediatas, emergenciais e reiterativas. Dessa maneira a pesquisa demonstra a necessidade de avançarmos em ações de formação permanente, que favoreçam o conhecimento a partir da sistematização das ações práticas e do planejamento, em articulação com as dimensões teórico-metodológica, ético-política e técnico-operativa na qual a dimensão investigativa se insere. É apreender a dimensão investigativa como subsídio para o exercício profissional para a compreensão do significado das demandas postas para a intervenção, e assim possibilitar através dos meios reflexivos e investigativos respostas qualificadas em consonância com o Projeto Ético-Político do Serviço Social.