Sistema de Eventos Acadêmicos da UFMT, IX Mostra da Pós-Graduação

Tamanho da fonte: 
DESEMPENHO ESCOLAR E AS MOTIVAÇÕES DOS ALUNOS DO IFMT PARTICIPANTES DOS JIFCO
Fernanda Gabriella Pedroso Marques, Fabricio César de Paula Ravagnani, Adriano Percival Calderaro Calvo

Última alteração: 27-09-17

Resumo


Os Jogos dos Institutos Federais (JIF) é uma promoção do Governo Federal, através da Secretaria de Educação Profissional e Tecnológica do Ministério da Educação. O evento ocorre anualmente e em sua última edição (JIFCO/2016) 5 campi competiram, totalizando 696 atletas participantes em 11 modalidades, dentre estas, coletivas e individuais. O presente estudo pretende verificar o desempenho escolar e as características motivacionais de estudantes do IFMT e compará-los em função da atuação esportiva associada à participação dos JIFCO. A amostra desta pesquisa será composta por estudantes do IFMT de ambos os sexos, com até 19 anos completados no ano da competição, participantes dos Jogos do Instituto Federal do Centro-Oeste e não participantes. Os dados serão obtidos por meio de (i) questionário SMS-28 auto-respondido e do (ii) registros escolares dos campi. O SMS-28 – Escala de Motivação no Esporte é composto por 28 itens divididos nos diferentes tipos de motivação: motivação intrínseca com 12 itens (experiência estimulante, atingir objetivos e conhecer), motivação extrínseca com 12 itens (regulação externa, introjeção e identificação) e desmotivação com 4 itens. As questões são respondidas por meio de uma escala Likert de sete pontos, que varia de 1 “não corresponde nada” à 7 “corresponde exatamente”, com pontuação mínima de 28 e máxima de 196 pontos.  Os registros escolares serão obtidos através do Registro Escolar do IFMT, nele há informações sobre o desempenho acadêmico bimestral e anual conjugados à frequência escolar. A variação de notas validas do registro escolar será categorizado em conceito e faixa de nota correspondente: A (Entre 9,0 e 10,0), B (Entre 7,0 e 8,9), C (Entre 5,0 e 6,9), D (Entre 4,5 e 4,9) e E (Abaixo de 4,5). Inicialmente, serão analisados os resultados anuais dos participantes quanto a desempenho escolar. Posteriormente, os dados serão tabulados e submetidos a testes estatísticos descritivos e inferenciais (correlações e comparações) apropriados conforme (i) preceitos de normalidade e homeostasticidade dos dados e (ii) necessidades dos objetivos do estudo. A priori, os testes estatísticos inferenciais serão os seguintes: Teste Kolmogorov-Smirnov  para testar a normalidade; a homeostasticidade será verificada através do Teste de Levene; Correlação de Pearson e  correlação de Spearman para dados paramétricos e não paramétricos, respectivamente; Teste t-Student e Teste U de Mann-Whitney para comparação entre 2 amostras; ANOVA e Teste de Kruskal Wallis para comparação entre 3 amostras; Associação através do Qui-quadrado; Regressão Linear (paramétrica), Regressão Logística Binária ou Multinominal (não paramétrica)  para fatores de Predição. Todas as análises de dados serão feitas através do pacote estatístico SPSS® (Statistical Package for Social Science) for Windows®. Espera-se que os alunos engajados aos JIFCO apresentem correlação aos aspectos motivacionais que o aluno está inserido/absorvendo/recebendo e a motivação seja um fator incisivo para a prática esportiva e desempenho escolar.

Palavras-chave: Educação; psicologia; esporte.