Sistema de Eventos Acadêmicos da UFMT, XI Mostra da Pós-Graduação

Tamanho da fonte: 
Acesso a Rede de Atenção à Saúde para prevenção e tratamento do câncer de mama na região de saúde de Tangará da Serra – MT.
Joely Maria de Oliveira, Nereide Lúcia Maritinelli

Última alteração: 10-10-19

Resumo


O Câncer é um grave problema de saúde pública, é a segunda principal causa de mortes no mundo, com 70% ocorridas nos países em desenvolvimento. Dentre os diversos tipos de câncer, destaca-se o câncer de mama, tipo mais frequente entre as mulheres, ocupando o primeiro lugar no ranking. No Brasil ano de 2017, foram notificados no Sistema de Informações sobre Mortalidade (SIM), 16.724 mulheres que vieram a óbito por câncer de mama. No estado de Mato Grosso, a estimativa para o ano de 2018 foi de 680 casos, com a taxa ajustada de casos novos e incidência por 100 mil habitantes de 48,98. Essa realidade precisa ser modificada, por meio de ações de prevenção, controle que incluem a detecção precoce, rastreamento organizado, melhora dos procedimentos de diagnóstico, tratamento, acesso facilitado, efetivo, universal e igualitário em todos os níveis de atenção. O processo de utilização dos serviços de saúde é resultante da interação do comportamento do sujeito que busca cuidados, de estrutura e equipe responsáveis pela condução dos serviços de saúde. A Atenção Primária à Saúde deve ser a principal porta de entrada de acesso das mulheres aos demais serviços da Rede de Atenção à Saúde. O acesso deve ser disponibilizado à população de modo regionalizado e hierarquizado, de forma integral em todo território brasileiro, em todas as fases desde a promoção da saúde, prevenção e reabilitação. Ainda há necessidade de estruturar os serviços, capacitar os profissionais, e priorizar estratégias para a execução da promoção, prevenção e tratamento do câncer de mama. O Objetivo do estudo é analisar o acesso as Redes de Atenção à Saúde para a promoção, prevenção e tratamento do câncer de mama a partir da Atenção Primária à Saúde em municípios (Arenápolis, Barra do Bugres, Campo Novo do Parecis, Denise, Nova Marilândia, Nova Olímpia, Porto Estrela, Santo Afonso, Sapezal), da região de saúde de Tangará da Serra – MT. Parte-se do pressuposto que as mulheres da região de Tangará da Serra – MT obtém acesso efetivo, qualificado e garantido na busca por prevenção e tratamento do câncer de mama conforme preconizado nos protocolos do Ministério da Saúde. Espera-se que as pessoas adscritas no território de atuação da APS/ESF estejam conseguindo acessar a RAS e recebendo as informações necessárias quanto a promoção da saúde, prevenção do câncer de mama; os serviços para o rastreamento e tratamento em tempo hábil. A pesquisa visa contribuir para fornecer informações cientificas, e subsídios para sustentação das ações de gestão; informações aos gestores, coordenadores e profissionais da saúde; e em especial contribuir para o acesso da população da região de Tangará da Serra - MT a RAS desde a prevenção até ao tratamento do câncer de mama e assim como também para organização da Rede de Atenção à Saúde na referida região.


Palavras-chave


Câncer, Prevenção, Tratamento, Acesso