Sistema de Eventos Acadêmicos da UFMT, X Mostra da Pós-Graduação: Direitos Humanos, trabalho coletivo e redes de pesquisa na Pós Graduação

Tamanho da fonte: 
Interação genótipo ambiente para o peso ao sobreano na raça Nelore
Caio Souza Teixeira

Última alteração: 16-10-18

Resumo


Objetivou-se avaliar a interação genótipo x ambiente sobre o peso corporal ao 450 (P450) dias de idade provenientes de 38313 animais da raça Nelore oriundos de  rebanhos dos estados de Mato Grosso (MT), Mato Grosso do Sul (MS) e Goiás (GO), participantes do Programa de Melhoramento Genético da Raça Nelore da Associação Nacional de Criadores e Pesquisadores (ANCP). Componentes de variâncias foram estimados pelo método da inferência Bayesiana utilizando o amostrador de Gibbs para a obtenção de médias a posteriori, por meio do modelo para característica única (análise geral) e para análise conjunta (considerando a mesma característica expressa em estados diferentes como características distintas) que incluiu os efeitos fixos referentes grupo de contemporâneos, efeito linear e quadrático da idade da vaca ao parto, além dos efeitos aleatórios genético aditivo direto dos animais e ambiente temporário. A estimativa de herdabilidade obtida para P450 em análise geral foi igual a 0,40, enquanto que para os estado de MT, MS e GO foram iguais a 0,37; 0,38 e 0,50, respectivamente. As correlações genéticas aditivas entre MT e MS; MT e GO e, ainda, entre MS e GO foram iguais a 0,83; 0,79 e 0,73. Assim, espera-se boa resposta à seleção dos animais com objetivo de incremento do peso ao sobreano e, ainda, , ignorando-se a presença de interação genótipo ambiente não se espera alterações na ordem dos méritos genéticos dos animais entre os diferentes estados.


Palavras-chave


gado de corte, parâmetros genéticos, seleção