Sistema de Eventos Acadêmicos da UFMT, X Mostra da Pós-Graduação: Direitos Humanos, trabalho coletivo e redes de pesquisa na Pós Graduação

Tamanho da fonte: 
Maturidade profissional em grupos contrastantes de alunos do pré-vestibular
Larissa Mel Ferreira Queiroz, Rosangela Kátia Sanches Mazzorana Ribeiro

Última alteração: 05-10-18

Resumo


A adolescência como processo fundamental na fase do desenvolvimento do sujeito, faz parte de um momento de ressignificação de posições que foram constituídas ao longo da infância. É também nesse momento que passa por inúmeras mudanças, entre elas, as biológicas como as alterações hormonais e perda do corpo infantil, as psíquicas com a intensificação dos questionamentos e descobertas sobre si mesmo, o seu meio e seu futuro. Nesse período de transição que constitui a adolescência, também se nota uma confusão de papéis, no qual o adolescente precisa abandonar sua posição infantil, para possivelmente alcançar sua independência adulta. A busca pela própria identidade, permeado de indecisões, não é menos que conflituoso. Além de todas as transformações que permeiam esse momento, de ressignificações, da busca da sua maturidade, esse sujeito é posto ainda a escolha profissional, com o rigor de que essa, a priori, é para toda vida. Frente a todos esses fatores, a noção de maturidade para escolha da carreira ao longo das nuances dessa etapa do desenvolvimento, podem apresentar questões importantes em diferentes grupos de adolescentes. Visto isso, esse estudo pretende avaliar a maturidade profissional de adolescentes, em grupos contrastantes de alunos do terceiro ano do ensino médio. Buscará também compreender se há diferenças no nível de maturação de alunos com diferentes origens escolares, e a influência de aspectos familiares relacionados a diferenças de posições fraternais e papel dentro do núcleo familiar; além de identificar os aspectos de identidade do adolescente que podem influenciar no processo de maturação. A amostra se constituirá de 60 adolescentes, do terceiro ano do ensino médio, com até 18 anos de idade completos, divididos por origem escolar, sendo um grupo formado por alunos de escolas públicas estaduais (30) e um grupo formado por alunos de escolas particulares de ensino laico e convencional (30). Na coleta de dados, os instrumentos utilizados para avaliação dos adolescentes, serão um questionário, a ser elaborado pela autora do projeto, o Teste de Fotos e Profissões – BBT – BR, versão masculina e feminina, que tem por objetivo aconselhar os adolescentes em sua orientação profissional, além de produzir, através de seu método projetivo, um processo de maturação e de tomada de consciência, e a Escala de Avaliação do Desenvolvimento da Identidade em Adolescentes - AIDA, que tem por objetivo avaliar a formação de identidade em adolescentes de 12 a 18 anos. Os resultados obtidos por meio coleta de dados serão apresentados mediante dissertação do mestrado, apresentações em eventos científicos e retorno pessoal aos participantes da pesquisa. Objetiva-se ainda, que os resultados alcançados auxiliem, como propositura social, nas avaliações/intervenções em orientação profissional.


Palavras-chave


Maturidade, Escolha Profissional, Avaliação Psicológica