Sistema de Eventos Acadêmicos da UFMT, X Mostra da Pós-Graduação: Direitos Humanos, trabalho coletivo e redes de pesquisa na Pós Graduação

Tamanho da fonte: 
ASSÉDIO MORAL NAS RELAÇÕES LABORAIS PERPETRADAS EM RAZÃO DE GÊNERO
Monaliza Martins Rachik, Daniel Fanta

Última alteração: 15-10-18

Resumo


Resumo. Este projeto de pesquisa do mestrado em Sociologia ICHS-UFMT tem como tema o estudo “do assédio moral praticado laboral”, sendo o objeto de estudo o comportamento da sociedade frente à aludida modalidade de violência, principalmente quando a vítima em questão é mulher. O objetivo geral terá como alvo investigar o fenômeno do assédio moral no ambiente de trabalho praticado contra a mulher, conceituando e delimitando este tipo de violência, bem como seus reflexos nas partes envolvidas, na sociedade em geral e no Estado. No que tange aos objetivos específicos estes consubstanciarão em identificar o perfil das trabalhadoras que sofrem assédio moral, investigar a presença/ausência de assédio moral em mulheres economicamente ativas, identificando a freqüência de trabalhadoras que se identificaram como vítimas, testemunhas e/ou agressoras, detectar fatores como as circunstâncias, os sentimentos que induzem sua ocorrência e as estratégias das vítimas para lidar com a conduta danosa, verificar os tipos de comportamentos negativos mais comuns a que foram submetidas às trabalhadoras, visando ainda, caracterizar os obreiros em relação às variáveis biosociodemográficas e laborais, como gênero, idade, escolaridade, status organizacional e tempo na função, entre outras, conhecer as motivações e justificativas dadas pelos assediadores, examinando os significados que atribuíam a essas práticas e as possíveis relações com as políticas de gestão do trabalho e por derradeiro coletar informações quanto aos fatores pessoais e/ou organizacionais que podem influenciar o bem-estar no trabalho e ainda favorecer práticas de assédio moral, bem como a existência de políticas organizacionais para lidar com este tipo de violência no contexto de trabalho. A metodologia a ser aplicada levará em consideração a interdisciplinaridade que será abordada na dissertação e terá aspectos quantitativos e qualitativos. Aquele irá levantar dados sobre a existência e ocorrência da conduta assediadora, bem como suas variáveis. Já o método qualitativo permitirá contribuir de maneira a compreender como os trabalhadores significam os eventos de assédio moral e como explicam sua ocorrência. O local a ser pesquisado será o campus da Universidade Federal de Mato Grosso. Assim, diante dos elementos e de posse dos dados levantados pretende-se avaliar se os fatores desfavoráveis à saúde e bem-estar da vítima da violência é fator determinante ou se sofre influência para a mudança de comportamento da sociedade em que vive.

 

 

Palavras-chave: Assédio moral laboral. Violência contra mulher.  Sociedade


Palavras-chave


Assédio moral laboral. Violência contra mulher. Sociedade