Sistema de Eventos Acadêmicos da UFMT, X Mostra da Pós-Graduação: Direitos Humanos, trabalho coletivo e redes de pesquisa na Pós Graduação

Tamanho da fonte: 
UTILIZAÇÃO DA TÉCNICA DE PLANTIO DIRETO NA PRODUÇÃO DE CANA-DE-AÇÚCAR EM RONDONÓPOLIS-MT
sharrine oliveira marra, Antonio Tavares Neto

Última alteração: 18-10-18

Resumo


A alta produção de cana-de-açúcar e o crescimento do setor a partir da década de 70 foram alguns dos fatores que contribuíram para a expansão e melhoria da produção no Brasil. Essa expansão ocorreu em áreas tradicionais e não tradicionais de cultivo. Muitas indústrias foram montadas em regiões de solos com baixa fertilidade, nas quais, além da necessidade de calagem, adubação com macronutrientes e rotação de culturas, observa-se baixos teores de micronutrientes. Os micronutrientes B, Cl, Cu, Fe, Mn, Mo, Ni e Zn são elementos essenciais para o crescimento das plantas, mas requeridos em quantidades menores que os macronutrientes N, P, K, Ca, Mg e S. No Brasil, os micronutrientes que podem apresentar as maiores limitações para a produtividade de cana-de-açúcar são boro, cobre, zinco, manganês e molibdênio. O setor sucroenergético brasileiro é responsável pela produção anual de mais de 38 milhões de toneladas de açúcar e cerca de 27 bilhões de litros de etanol. A pressão por práticas ambientais mais aceitáveis tem levado o setor a modificar seu atual sistema de produção, como a interrupção da queima pré-colheita. Possibilitando por sua vez a adoção de técnicas já consolidadas, como o plantio direto. O presente trabalho será realizado na fazenda Guarita, localizada em Rondonópolis-MT, com o objetivo de avaliar os teores de micronutrientes e a acumulação de carbono em solos cultivados com cana-de-açúcar sob manejo orgânico, utilizando a torta de fibra como método de plantio direto na produção. As amostras de solo serão coletadas em seis profundidades e realizadas análises químicas para determinação dos elementos B, Cu, Fe, Zn, S e Na, as amostras de solos serão coletadas nas camadas: 0-5, 5-10, 10-20, 20-30, 30-40 e 40-60 cm de profundidade. Os dados serão submetidos à análise de variância e as médias dos tratamentos comparadas pelo teste de Tukey a 5% de probabilidade.


Palavras-chave


Adubação verde, manejo orgânico, torta de filtro