Sistema de Eventos Acadêmicos da UFMT, X Mostra da Pós-Graduação: Direitos Humanos, trabalho coletivo e redes de pesquisa na Pós Graduação

Tamanho da fonte: 
EFICIÊNCIA DO SISTEMA Moringa oleifera-BIOFILTRO PARA O TRATAMENTO DE EFLUENTE SIMULADO CONTENDO METOMIL E IMIDACLOPRIDO
Jailton Marques da Silva

Última alteração: 16-10-18

Resumo


O presente estudo teve como objetivo avaliar quali e quantitativamente o sistema de biofiltração utilizando Moringa oleifera, brita e espuma para o tratamento de efluente simulado contendo os pesticidas metomil e imidacloprido. Na etapa inicial as sementes e folhas da Moringa oleifera foram avaliadas para a verificação da eficiência de adsorção/degradação dos pesticidas, apresentando melhores resultados para as folhas secas trituradas, com redução de 98% da concentração inicial para o metomil e 84% para o imidacloprido, na proporção de 1 g de folhas para cada 2500 µg da mistura de pesticidas, após 120 h de contato. Em seguida, o tratamento foi realizado com o sistema de biofiltração constituído por pedra brita de calcário dolamítico (padrão de tamanho dois) e espuma D30 ativado com bactérias da fermentação das folhas da Moringa oleifera. Conforme a passagem do material pelo sistema foram coletadas amostras do fluido e submetidas às análises de oxigênio dissolvido (OD), turbidez, pH, condutividade elétrica e potencial redox. Também foram realizadas análises cromatográficas através de Cromatografia Líquida de Alta Eficiência (CLAE-UV), constatando a diminuição da concentração dos pesticidas, em 88 % para o metomil e 38% para o imidacloprido. A eficiência desse processo, como protótipo, contribuirá para futuros trabalhos visando a diminuição dos impactos ambientais provocados pela contaminação de águas superficiais e subterrâneas com o uso dos pesticidas.


Palavras-chave


Pesticidas, Moringa oleifera, Biofiltro

Referências


ORTEGA, F. S.; INOSTROZA, P. A. S.; PANDOLFELLI, V. C. Aplicação de espumas cerâmicas produzidas via "gelcasting" em biorreator para tratamento anaeróbico de águas residuais. Cerâmica, v.46 , p. 225-229. São Carlos - SP, 2001.

PARREIRA, F. V.; PANIAGO, E. B.; CARVALHO, C. R.; AFONSO, R. J. C. F. Avaliação da presença de pesticidas n-metilcarbamatos e seus produtos de degradação nas águas da região de Pará de Minas (MG) Brasil. Pesticidas: Revista Ecotoxicologia e Meio Ambiente, v. 11, p. 77-92, Curitiba, dez 2001.

PINTO, C. O. M.; CALIXTO, C. A.; SOUZA, E. Estudo de reações de oxirredução empregando espectroscopia na região do visível. Departamento de química – Instituto de Ciências Exatas – Universidade Federal de Minas Gerais. p. 20, 2008.

 

PRITCHARD, M.; CRAVEN, T.; MKANDAWIRE, T.; EDMONDSON, A. S.; ONEILL, J. G. Comparison between Moringa oleifera and chemical coagulants in the purification of drinking water-an alternative sustainable solution for developing countries. Physicsand Chemistry of the Earth, Amsterdam, v. 35, p. 798-805, 2010.

QUEIROZ, M. A. F. Emprego de biofiltro de pedra para remoção de microalgas e sólidos suspensos de efluentes de lagoas de estabilização. Natal, 2014. Dissertação de mestrado.