Sistema de Eventos Acadêmicos da UFMT, VII Semana Acadêmica da Faculdade de Educação Física e X Seminário de Socialização de Práticas de Estágio

Tamanho da fonte: 
Fatores Motivacionais para a Prática de Voleibol de Discentes em uma Atlética da Universidade Federal de Mato Grosso
Bruno Guilherme da Silva, Keydy Aline Rezende Oenning, Thaís Malveiro Do Nascimento Sousa, Tomires Campos Lopes

Última alteração: 05-08-19

Resumo


A motivação vem da palavra motivo, ou ainda mover se para a ação, e seus fenômenos comportamentais podem estar envolvidos com muitas outras variáveis, bem como sociais, psicológicas ou relacionada a prática de modalidades desportivas. O presente estudo utilizou o Questionário de Motivação em Atividade Desportiva (QMAD), afim de identificar os motivos que levam 9 discentes (4 homens e 5 mulheres) à prática do voleibol em uma associação atlética de alunos dos cursos de engenharia da Universidade do Mato Grosso. Como resultado dos fatores motivacionais precursores das práticas, tem se a seguinte sequência, o Desenvolvimento de habilidades sendo o único fator a alcançar médias acima de 4 pontos, que segundo o QMAD é um valor significativo, nos demais fatores, Condição física, Divertimento, Trabalho em grupo, Libertação de energia, Afiliação, Realização de status e, Influência de familiares e amigos, respectivamente. Houve resultados similares com relação aos três primeiros fatores mais importantes indicados pelos estudantes, tanto nas médias totais quanto as médias dos grupos masculino e feminino. Com relação ao fator motivante com menor indicações pelos acadêmicos, houve similaridade com as médias totais e do grupo masculino e, com relação entre os grupos masculino (Influência de familiares e amigos) e feminino (Realização de status) houve diferença, podendo ser acreditada em função da cultura dos próprios indivíduos.

Palavras chave: motivação; universitários; vôlei