Sistema de Eventos Acadêmicos da UFMT, VII Semana Acadêmica da Faculdade de Educação Física e X Seminário de Socialização de Práticas de Estágio

Tamanho da fonte: 
PERCEPÇÃO DE ESFORÇO DOS ATLETAS DE VOLEIBOL DE UMA ATLÉTICA DA UNIVERSIDADE FEDERAL DO ESTADO DE MATO
LEONARDO SEGANFREDO, Indianara da Cruz machado, Fernando saraiva camolesi, Tomires Campos Lopes

Última alteração: 12-08-19

Resumo


O objetivo do estudo é verificar em qual momento do treinamento de voleibol os participantes se sentem mais fadigados. Para tanto foi utilizada a percepção subjetiva de esforço (PSE) pode ser definida segundo Borg (2000) como a sensação estimulada nos sistemas muscular, cardíaco e respiratório após um trabalho de intensidade variada, seja ele de forma programada ou não Doze indivíduos com idade entre 18 e 33 anos, sendo 4 mulheres e 8 homens, com altura entre 1,67m e 1,94m, com massa corporal entre 52,7kg e 93,5kg. Os resultados apontam que houve uma diferença de percepção entre as fases do treinamento, podendo ser sugerido que o condicionamento físico dos atletas diverge.