Sistema de Eventos Acadêmicos da UFMT, VII Semana Acadêmica da Faculdade de Educação Física e X Seminário de Socialização de Práticas de Estágio

Tamanho da fonte: 
RELATO DE EXPERIÊNCIA: DA TEORIA Á PRÁTICA NO ESTÁGIO SUPERVISIONADO I – EDUCAÇÃO INFANTIL
Raina Pérola Bussiki Carvalho, Ayslan Matheus Camargo Souza, Jonathan Stroher

Última alteração: 12-08-19

Resumo


Este resumo tem como objetivo relatar as nossas principais dificuldades na vivência prática do estágio supervisionado I. Durante o quarto semestre no curso de Educação Física/Licenciatura é desenvolvida a disciplina de prática curricular da Educação Infantil, momento em que aprendemos sobre as fases das crianças seguindo a teoria de Henri Wallon, a questão política da escola e tomamos conhecimento sobre o Referencial Curricular Nacional para a Educação Infantil (RCNEI). Tendo como base toda a questão teórica sobre a Educação Infantil, nos sentimos preparados para o próximo passo que é o estágio. Realizado na Escola Municipal de Educação Básica (EMEB) Dr. Orlando Nigro, no período matutino todas as sextas-feira, com a turma do Infantil I que é composta por 23 crianças de 4 anos de idade. Em um primeiro momento conhecemos a estrutura da escola, os alunos e a professora de educação física da turma, que tem como principal objetivo em suas aulas, trabalhar a interação entre os alunos, movimentos e jogos. Pensando nisso, elaboramos nosso plano de aula e demos início a prática da docência. A prática era realizada no pátio da escola, no intuito de tirar as crianças do ambiente de sala de aula, utilizando alguns materiais da escola e outros levados por nós, pensando na fase de desenvolvimento que as crianças dessa faixa etária se encontram as aulas seguiam os mesmos objetivos da professora. Uma das maiores dificuldades que tivemos foi associar a parte lúdica nas atividades durante a aula, que é fundamental para a motivação da criança. Sentimos dificuldades também em fazer com que as crianças estivessem sempre atentos a nós estagiários. Com a prática, já aperfeiçoamos alguns detalhes fundamentais para um bom desempenho na docência, como uma oratória mais audível a organização da ordem das atividades no plano e o domínio da turma. Até o momento a experiência de estágio vem contribuindo muito para nossa formação como professores, nos faz associar a teoria com a prática, nos ensina a lidar com diversas situações que poderemos encontrar na docência e nos familiariza com o ambiente escolar.

Palavras-chave: Estágio; Educação Infantil; Formação Inicial em Educação Física.