Sistema de Eventos Acadêmicos da UFMT, VII Semana Acadêmica da Faculdade de Educação Física e X Seminário de Socialização de Práticas de Estágio

Tamanho da fonte: 
ANÁLISE DAS DIMENSÕES MOTIVACIONAIS À PRATICA DE ATIVIDADE FÍSICA COM PRATICANTES DE CROSSFITTM
Aliambra Cristiman Pomponi, almir de frança ferraz, carlos alexandre fett

Última alteração: 13-08-19

Resumo


INTRODUÇÃO: O CrossFitTM é um programa de treinamento de força e condicionamento cujo método de treinamento ganhou popularidade nos anos 2000, com movimentos funcionais constantemente variados, executados em alta intensidade, desenvolvido para melhorar a competência dos praticantes em todas as tarefas físicas. Esta atividade promove a aptidão física e a qualidade de vida por meio de movimentos constantemente variados e completo para assim melhorar as diversas capacidades físicas exigidas em todo treino e assim atingir seus objetivos. A motivação para a prática de exercícios físicos é aspecto importante para ser estudado para melhor compreensão. OBJETIVO: comparar médias dos aspectos motivacionais à prática de atividade física e analisar quais fatores motivacionais que auxiliam praticantes a realizarem os exercícios de CrossFitTM. MATERIAIS E MÉTODOS: A pesquisa foi realizada com 53 alunos de um box de CrossFitTM da cidade de Cuiabá, que responderam ao Inventário de Motivacional à Prática Regular de Atividade Física – Protocolo 54 (IMPRAF 54) avalia as dimensões de motivação (controle de estresse, saúde, sociabilidade, competitividade, estética e prazer) e um questionário de caracterização para atividade física. As respostas aos itens do IMPRAF-54 são dadas conforme uma escala Likert, bidirecional, graduada em 5 pontos, partindo do “isto me motiva pouquíssimo” (1) a “isto me motiva muitíssimo” (5), posteriormente, analisado de forma quantitativa e categorizada. Os dados foram analisados segundo o sexo, níveis de pratica de atividade física e as dimensões da motivação à prática regular de atividade física. Foi utilizado o teste t (comparação de médias), teste do qui-quadrado (X²), pelo programa SPSS® (Statistical Packageof Social Sciences for Windows), versão 24.0, foi adotada a significância de 95%. RESULTADOS: apresentou a média de idade 28±8 anos para masculinos e 31±8 anos para femininos. A escolha da modalidade do crossfit foi mais determinante com as maiores possibilidades/experiências de práticas de atividade física nos esportes 9(37,5%) para masculinos e 15(62,5%). A frequência de atividade física foi prevalente nos participantes que realizaram 5 vezes por semana atividade física 17(51,5%) masculinos e 16(48,5%). O tempo de prática de atividade física teve o resultado mais evidente de 17(41,5%) masculino e 24(58,5%), porém teve associação entre sexo e características de pratica de atividade física. As médias das dimensões da motivação à prática regular de atividade física entre homens e mulheres foram: 1.Controle de estresse (14,69±2,93) masculino e (23,24±5,00) feminino; 2.Saúde (32,60±0,67) masculino (34,68±1,70) feminino; 3.Sociabilidade (11,73±3,27 ) masculino e (19,23±5,75) feminino; 4.Estética (21,44±2,26) masculino e (24,09±3,56) feminino; 5.Prazer (27,88±2,60) masculino e (31,83±1,34) feminino com p<0,05; e 6.Competitividade (8,30±1,01) e (8,00±0,00) com p>0,05. Constatou que se associa os aspectos de motivação à prática de atividade física de homens e mulheres: o controle de estresse p=0,02; saúde p=0,01 e prazer p=0,03. CONSIDERAÇÕES FINAIS: Constata-se que as médias motivacionais das mulheres são estatisticamente maiores que dos homens.  A questão da motivação para a prática de exercícios físicos com os praticantes de CrossFitTM pode ser fatores que auxiliam no melhor desempenho físico das dimensões do controle de estresse, saúde e prazer.