Sistema de Eventos Acadêmicos da UFMT, IV Semana Acadêmica de Sinop

Tamanho da fonte: 
Monitoria em neuroanatomia no curso de medicina da UFMT-CUS
Bruno Rezende, Regina de Sousa Bolina Matos

Última alteração: 04-10-17

Resumo


O curso de medicina da Universidade Federal de Mato Grosso - CUS estrutura-se em uma metodologia ativa, onde o estudo é centrado no aluno e este é o agente principal da construção do conhecimento. O currículo possui três módulos por semestre, incluindo o conteúdo de Anatomia Topográfica. Durante o terceiro semestre do curso, o módulo de “Percepção, Consciência e Emoção” apresenta, concomitantemente, o estudo anatômico específico de Neuroanatomia ao estudo das demais áreas relacionadas com o sistema nervoso, entre elas a fisiologia, a histologia, a patologia, a farmacologia, entre outras somadas aos conteúdos específicos da área clínica. Esta metodologia de ensino integrada difere do tradicional comumente abordado em outros cursos da área da saúde, onde as áreas básicas são vistas apenas durante os primeiros dois anos do curso em disciplinas isoladas e, posteriormente, esse conhecimento adquirido servirá de base para o raciocínio clínico exigido nos semestres subsequentes. Com esta nova metodologia torna-se imprescindível a atividade de monitoria, onde os acadêmicos monitores são agentes ativos do processo de ensino-aprendizagem. As atividades de monitoria tem como objetivo dar apoio para acadêmicos compreenderem o conteúdo com maior facilidade, permitir o contato do aluno com peças anatômicas que favorecem a aprendizagem, além de possibilitar o esclarecimento de diferentes dúvidas que possam surgir durante as aulas e não foram questionadas ao professor. A monitoria de Neuroanatomia foi ministrada para os alunos do terceiro semestre por meio de diferentes formas de abordagem: horários extracurriculares noturnos, roteiro ilustrado e escrito de estruturas anatômicas apontadas, resolução de dúvidas via telefone e simulado elaborado pelos monitores à véspera das avaliações teóricas e práticas. Os resultados apresentados na atividade de monitoria foram positivos à medida que permitiram o estímulo à aprendizagem de forma ativa, melhor assimilação teórico-prática através da utilização de peças anatômicas do laboratório de anatomia, estudo coletivo entre os alunos, maior trabalho em grupo por parte dos monitores, além destes últimos terem suas habilidades didáticas aprimoradas. Também proporcionou um maior cuidado com as peças do acervo do laboratório, em razão da presença constante dos monitores. Sendo assim, as atividades realizadas pelos monitores de Neuroanatomia contribuíram para potencializar os resultados dos alunos, evidenciado no bom rendimento da turma frente ao conteúdo avaliado, além de proporcionar aquisição de habilidades importantes aos monitores, como a organização e, principalmente, a didática. Competências, estas, que são de suma importância para a formação acadêmica.

Palavras-chave: Monitoria; Neuroanatomia; Medicina.