Sistema de Eventos Acadêmicos da UFMT, IV Semana Acadêmica de Sinop

Tamanho da fonte: 
DIAGNÓSTICO ANATOMOPATOLÓGICO DE DOENÇAS DE ANIMAIS DE PRODUÇÃO NA REGIÃO NORTE DE MATO GROSSO
Pedro Antonio Dias Guimarães Flores, Joicy Oliveira Castro, Riam Rodrigues Ribeiro, Regina Tose Kemper, Joaz Wellington Lopes, Daniely Patricia Oenning de Souza, Nadia Aline Bobbi Antoniassi

Última alteração: 04-10-17

Resumo


O diagnóstico anatomopatológico de doenças que acometem animais de produção é de extrema importância para um maior conhecimento sobre a patogenia, epidemiologia e prevalência das enfermidades que ocorrem na região norte do Estado do Mato Grosso, tendo como principal objetivo prevenir perdas econômicas, incidência e agravo de novas enfermidades e prevenção de zoonoses. Do março a setembro de 2017 foram realizadas 21 necropsias e 19 exames anatomopatológicos de animais de produção pela equipe do Laboratório de Patologia Animal (LAPAN, UFMT) provenientes  principalmente do município de Sinop e região. Do total de necropsias recebidas onze eram de bovinos, sete ovinos e três aves. Do total de exames anatomopatológicos realizados 16 eram de bovinos e três suínos. Os diagnósticos realizados nos exames de necropsia de bovinos foram de carbúnculo sintomático em dois casos, enterite bacteriana, tristeza parasitária bovina, aborto por brucelose em um caso cada e seis diagnósticos inconclusivos. Duas aves foram diagnosticadas com botulismo e uma com enterite. Em ovinos houve dois casos de haemoncose, um de intoxicação por cobre, um caso de polioencefalomalacea associada a uma ruptura intestinal, um caso de polioencefalomalácea associada a acidose ruminal e dois casos inconclusivos. Nos exames anatomopatológicos foram diagnosticados nos bovinos um caso de raiva, um de encefalite não supurativa por Herpesvirus bovino tipo 5, um caso de polioencefalomalacea, um de miosite necrótica, um carcinoma de células escamosas, uma encefalite viral, um caso de carbúnculo sintomático, um de exsudato supurativo, um coagulo ovariano e uma inflamação supurativa em bolsa escrotal. Em seis casos não foram obtidas informações suficientes para realizar diagnóstico. Em dois suínos haviam lesões compatíveis com tuberculose e um suíno foi diagnosticado com broncopneumonia supurativa e abscedativa. Os casos inconclusivos ocorreram devido à acentuada autólise tecidual dos animais ou ao envio de amostras insuficientes ou inadequadas para análise. Dos 40 exames realizados em animais de produção nove casos (15%) foram diagnosticados com doenças zoonóticas extremamente importante para saúde pública, como raiva e tuberculose, evidenciando a importância do diagnóstico e monitoramento das doenças nesses animais na região.

Palavras-chave: Bovinos; patologia; necropsia.