Sistema de Eventos Acadêmicos da UFMT, IV Semana Acadêmica de Sinop

Tamanho da fonte: 
PROJETO DE VIVÊNCIA UNIVERSITÁRIA COM GESTANTES E ACOMPANHANTES: ESPAÇO MOBILIZADOR DE INTEGRAÇÃO ENSINO-SERVIÇO DE SAÚDE
LIGIA PAULA LONGHI, Priscilla Shirley Siniak dos Anjos Modes, Ana Maria Nunes da Silva, Marilene Ferraz Ritter, Vanda Patricia da Silva Santos, Thais Pereira da Silva

Última alteração: 17-10-17

Resumo


A complexidade das mudanças durante a gestação inclui variáveis biológicas, psicológicas e, também sociais. Neste sentido, há uma demanda de convergência dos esforços preventivos do setor saúde, que resulte num atendimento integral à saúde de pais, filhos e familiares, embora este esforço não possa ser exigido apenas do referido setor. As Universidades, por meio de seus membros também tem o compromisso de articulação permanente das suas ações com a de outras instituições sociais. Assim, o presente resumo relata as atividades do projeto de Vivência Universitária “Pintura de barriga/book fotográfico” com gestantes e acompanhantes de uma unidade da Saúde da Família em Sinop – MT, atendendo ao exposto na Portaria 015/PROCEV/2016. Objetiva-se evidenciar o projeto proposto como espaço mobilizador de integração ensino-serviço de saúde. A atividade se vinculou ao projeto de Extensão “Gestação: cuidados que emanam luz” da Universidade Federal de Mato Grosso/Curso de Enfermagem e ao Escritório Regional de Saúde de Sinop – MT. Houve envolvimento de graduandos em enfermagem e de outros cursos ofertados pela instituição, equipes de saúde, gestantes, acompanhantes e colaboradores da comunidade. Sua operacionalização se deu em três etapas: oficina de capacitação para “pintura de barriga”, divulgação ao público-alvo e execução da atividade em dezembro/2015, no período vespertino. Posterior à execução da “Pintura de barriga” houve a sessão fotográfica, com a entrega de um DVD com as fotos de cada participante - o “Book Fotográfico”. Dos resultados, constatou-se que o Projeto de Vivência Universitária por sua natureza acadêmica, com foco na formação interprofissional e intersetorial, preliminarmente já se alicerçava na necessidade de integrar o ensino e o serviço de saúde.  A partir da proposição do projeto foi requerida uma estrutura física, a ampliação quantitativa de recursos humanos e a reorganização da rotina de serviços da unidade de saúde, com a inclusão da atividade proposta pelo projeto. Para a viabilização das ações propostas, foi utilizado o espaço cedido pela unidade de saúde e mobilizou-se a participação dos trabalhadores da equipe e colaboradores. A atividade ainda demandou o domínio de técnicas como a “pintura na barriga” e fotografia, o que foi contemplado com a participação de colaboradores da comunidade.  Conclui-se que o projeto de Vivência Universitária mobilizou a integração ensino-serviço, tornando-se num evento de relevância significativa para acadêmicos, docentes, trabalhadores da saúde, gestantes, acompanhantes e demais colaboradores da comunidade, constituindo-se e concretizando em uma atividade diferenciada ao serviço de saúde.

Palavras-chave


Cuidado Pré-natal; Enfermagem; Integração Ensino-Serviço