Sistema de Eventos Acadêmicos da UFMT, IV Semana Acadêmica de Sinop

Tamanho da fonte: 
Contribuições do PIBID para a formação de professores
renata franciely da silva, Thiago Sauer, Raul Pablos De Oliveira, Patrícia Rosinke

Última alteração: 12-10-17

Resumo


Bolsista PIBID/CAPES: Thiago Sauer Bolsista PIBID/CAPES: Renata Franciely da SilvaBolsista PIBID/CAPES: Raul Pablos de Oliveira Orientadora PIBID/CAPES: Patrícia Rosinke
O programa PIBID (Programa Institucional de Bolsas de Iniciação à Docência) oferece bolsas aos alunos de cursos presenciais, com o objetivo de antecipar o vínculo entre os futuros mestres e a sala de aula da rede pública. Dentre as universidades parceiras está a UFMT campus Sinop, com cerca de 40 alunos bolsistas distribuídos entre os demais cursos de Ciências Naturais e Matemática. A UFMT campus Sinop tem parceria com três escolas da rede estadual de ensino, dentre elas a Escola Estadual São Vicente de Paula, na qual estamos ingressados exercendo atividades de monitoria em sala de aula, ajudando os alunos em suas dificuldades e também, auxiliando o professor quando é necessário. Neste momento temos a oportunidade de distinguir se realmente vamos prosseguir nesta profissão, visto que a inserção de docentes no ensino público brasileiro traz muitas dificuldades. Na mesma escola, com o auxílio da professora supervisora, estamos exercendo um projeto de apoio didático (defasagem de aprendizado), em que com a ajuda dos professores da mesma matéria identificamos alunos com diversas dificuldades em operações matemáticas simples, que deveriam ter aprendido no ensino fundamental e que os prejudica no ensino médio. Ao serem apresentados esses alunos terão a oportunidade de comparecerem ao projeto e poder aprimorar, construir e reconstruir seus conceitos matemáticos tendo a oportunidade de melhorar seu desempenho em sala de aula. Para nós bolsistas, esse projeto ajuda e influencia no momento de escolha de atividades pedagógicas, pois temos a oportunidade de ver o desempenho de nossos alunos após nossas interferências na resolução das mesmas, e observar se nossas aulas estão contribuindo com o melhoramento dos alunos em sala de aula ou não. As atividades que desenvolvemos tem por objetivo tirar dúvidas e ensinar alunos com muitas dificuldades; percebendo assim quais as principais dificuldades dos alunos no momento da explicação do professor, podendo carregar conosco lições e aprendizados em momentos de explicações. Com a ajuda do PIBID podemos quebrar barreiras que seriam nos impostas nos momentos de exercício da profissão, como exemplo, organizar aulas com atividades mais adequadas e estimuladoras para os alunos. Ao ver os mesmos motivados, temos a certeza de que realmente podemos tentar modificar a realidade do ensino público, mesmo sendo um desafio que exija tempo e estudo.
Palavras-chave: PIBID; Bolsistas; Apoio didático.