Sistema de Eventos Acadêmicos da UFMT, V SEMANA ACADÊMICA DE SINOP

Tamanho da fonte: 
Lipoma intra-ósseo múltiplo: relato de caso
Marcella Vitória Volkweis Segura, Isabela Ropelli Huck, Tassia Caroline Beckert Viana, Guilherme William Roberto Ansolin, Viviane Macedo Moura Dias Martins, Valdir Rosado Martins Junior

Última alteração: 09-10-18

Resumo


O lipoma é um tumor benigno do tecido adiposo. O lipoma intraósseo é o tumor primário mais raro do osso, geralmente encontrado na quarta ou quinta década de vida, sendo inabitual sua ocorrência múltipla pelo esqueleto. Afeta quase que igualmente todos os sexos, porém com uma pequena preferência pelo sexo masculino. Muitas vezes é subdiagnosticado, sendo confundido com outras lesões ósseas benignas. Sua sintomatologia pode variar muito, apresentando tanto casos sintomáticos como assintomáticos. A transformação maligna do tumor e a sua recorrência são incomuns, sem necessidade cirúrgica na maioria dos casos. O diagnóstico inclui exames clínicos, avaliação histopatológica, além de contar com o auxílio de exames laboratoriais e de imagem, como Ressonância Magnética, Tomografia Computadorizada e Cintilografia Óssea.  Nesse relato apresentamos um caso raro de lipoma intraósseo múltiplo, com o objetivo de auxiliar no desenvolvimento de novas medidas terapêuticas para a melhora da qualidade de vidas dos acometidos. Para levantamento de dados foi utilizado prontuários e entrevista aberta. O paciente, de 56 anos, do sexo masculino possui lipomas múltiplos na região do quadril, fêmur direito, úmero esquerdo e direito, esterno, coluna lombossacral, tíbia esquerda e direita, tornozelo direito e pé esquerdo. Diagnóstico definitivo foi feito por meio de Ressonância Magnética. Faz acompanhamento há cerca de 4 anos com tratamento terapêutico de forma conservadora, visando apenas o controle da dor com o uso de analgésicos.


Palavras-chave


lipoma intraósseo; tumores benignos; neoplasias ósseas.