Sistema de Eventos Acadêmicos da UFMT, V SEMANA ACADÊMICA DE SINOP

Tamanho da fonte: 
Brucelose Humana na Atenção Primária - Um Relato de Caso
Déborah Aguiar Tuyama, Valdir Rosado Martins Júnior, Viviane Macedo Moura Dias Martins

Última alteração: 09-10-18

Resumo


Introdução: A brucelose humana, zoonose de alta morbidade, transmitida por fluidos ou produtos alimentares provenientes de animais infectados que entram em contato com pele humana lesionada, conjuntiva, inalação de poeira ou aerossóis contaminados, ingestão de processados contaminados, apresentando sintomatologia diversa e complicações durante a gestação. Apresenta a espondilite como complicação de maior morbidade e a endocardite com potencial letalidade. Exames laboratoriais complementam a anamnese, sendo fundamental correlação clínica e epidemiológica para o diagnóstico. O tratamento baseia-se em doxiciclina associado à estreptomicina ou rifampicina. Objetivo: Descrever o manejo da brucelose humana na atenção primária. Método: Relato de caso e revisão bibliográfica em plataformas de bases como Scielo, Up to Date, e protocolos do Ministério da Saúde. Resultado: J.G.B., masculino, 54 anos, atendido na UBS referindo mialgia há um dia e histórico de acidente com seringa de vacinação bovina contendo vacina contra brucelose há 3 dias. Ausência de fatores de melhora/piora. Sem alterações ao exame físico. Traz sorologia (ELISA) para brucelose, evidenciando resultado positivo (1:8). Iniciou-se o tratamento com doxiciclina 200 mg/dia por 42 dias e rifampicina 600 mg/dia por 42 dias. Atualmente assintomático em acompanhamento conforme o cronograma preconizado. Conclusão: Como a brucelose humana é uma zoonose que pode ser manejada na atenção primária e sua intensa morbidade e possibilidade de letalidade é dependente do manejo adequado, é de fundamental importância a discussão desse assunto por causa de sua epidemiologia ser subestimada. Uma grande porcentagem se dá pela inespecificidade da sintomatologia e por déficit na busca ativa de casos de maior susceptibilidade. Neste trabalho relatamos um caso de brucelose humana manejado na atenção primária à saúde com doxiciclina e rifampicina pela disponibilidade no nosso serviço para controle da patologia.


Palavras-chave


brucelose humana; atenção primária; zoonose