Sistema de Eventos Acadêmicos da UFMT, V SEMANA ACADÊMICA DE SINOP

Tamanho da fonte: 
Programa de Atividade Física para Idosos Hipertensos
Henrique Marcelo Mayer

Última alteração: 01-10-18

Resumo


Orientador: Mario Mateus Sugizaki

Bolsista de extensão: Henrique Marcelo Mayer

 

O programa visa a promoção de um envelhecimento ativo e saudável, através de atividades físicas regulares, palestras relativas a assuntos de interesse do público atendido e acompanhamento da evolução do quadro clínico da hipertensão arterial. Os participantes são, na maioria, pessoas acima de cinquenta anos com quadro clínico de hipertensão arterial sistêmica (HAS), aceitando-se a participação de pessoas de quaisquer faixas etárias; porém estas não são consideradas na elaboração, quantificação e análise dos dados parciais e finais específicos. As atividades físicas (AF) são realizadas às terças e quintas-feiras das 06:00 às 07:30 na Praça P25, situada na rotatória das Avenidas dos Ingás com Avenida dos Jequitibás. As AF consistem de aquecimento muscular e articular, caminhada, exercícios resistidos, alongamento e aferições de pressão arterial. Regularmente ocorrem palestras na Unidade Básica de Saúde (UBS) Violetas com assuntos variados. O programa acontece desde 2014 como parceria da Universidade Federal de Mato Grosso, campus de Sinop e Secretaria Municipal de Saúde de Sinop, através da UBS Violetas. Neste resumo de relatório parcial para os meses de janeiro a agosto do corrente ano são descritas as pessoas que possuem hipertensão arterial controlada e as que não a possuem, assim como a relação dos medicamentos anti-hipertensivos que fazem uso. Como parâmetros, considera-se, para a quantificação dos resultados, hipertensão não controlada todo paciente que faz uso de algum medicamento anti-hipertensivo e que, durante as aferições, apresentou pressão sistólica acima de 130 mmHg e/ou pressão diastólica acima de 90 mmHg. No primeiro semestre de 2018 estão cadastradas no projeto 41 pessoas que atendem aos parâmetros para quantificação de resultados, sendo 32 mulheres e 09 homens. De forma geral, os objetivos estão sendo alcançados, na oferta de um programa que contemple hábitos de vida saudáveis e regulares a um público específico, portador de HAS e que necessita, sobretudo, readequar seus ambientes físico, nutricional, social e psicológico diante da doença crônica não transmissível diagnosticada.


Palavras-chave


hipertensão arterial, atividades físicas, terceira idade.