Sistema de Eventos Acadêmicos da UFMT, SEMINÁRIO DO ICHS – Humanidades em Contexto: desafios contemporâneos (2017)

Tamanho da fonte: 
A atuação do serviço social na defensoria pública do estado de Mato Grosso: trajetória e repercussões
Lohainy Patricia Machado CORREA, Núbia Emilia Pereira SILVA, Thatiane Prado NISHIKAWA, Vanessa Soares RIBEIRO, Ruteléia Cândida de Souza SILVA

Última alteração: 17-05-18

Resumo


O presente artigo apresenta a trajetória e as repercussões da atuação do Serviço Social na Defensoria Pública do Estado de Mato Grosso (DPE/MT), a partir da experiência de estágio das discentes e da participação em dois projetos de extensão desenvolvidos nos anos de 2015 e 2016: o projeto Ressignificando ações e fortalecendo direitos: a atuação do Serviço Social na Defensoria Pública do Estado de Mato Grosso e o projeto Ressignificar ações e fortalecer direitos no atendimento à família, ao idoso e à mulher vítima de violência de gênero em sua expressão doméstica. Como parte de um estudo documental e bibliográfico, este artigo busca apresentar como são desenvolvidas as atividades realizadas pelo Serviço Social, considerando a difícil realidade dos atendimentos e das práticas burocratizastes que dificultam o trabalho profissional no âmbito da DPE/MT; além de apontar a importância de potencializar a intervenção qualificada, de modo a garantir, aos usuários dos serviços prestados, o acesso à assistência jurídica integral. De igual modo, os resultados deste estudo apontam sobre a importância do desenvolvimento de atividades de educação em direitos, com o objetivo de esclarecer junto aos usuários as situações em que se figuram violações e perda de direitos. Por fim, foi possível constatar que as atividades de estágio, juntamente com os projetos de extensão desenvolvidos na instituição, têm favorecido o diálogo da Universidade Federal de Mato Grosso com a comunidade, bem como potencializado sua vocação universitária assentada no tripé ensino, pesquisa e extensão.

 


Palavras-chave


Exercício Profissional do Assistente Social; Serviço Social; Espaço sócio- Ocupacional; Direitos Humanos

Referências


Brasil. Código de ética do/a assistente social. Lei 8.662/93 de regulamentação da profissão. - 10ª. ed. rev. e atual. - [Brasília]: Conselho Federal de Serviço Social, [2012].p 23

BORGIANNI, Elisabete. Para entender o Serviço Social na área sóciojurídica. In: Revista Serviço Social e Sociedade. São Paulo, n.115, p.407-442, jul./set.2013.

CEFSS, Lei nº 8.662. Atribuições e competências do Serviço Social. CEFSS, 1993.

CONSELHO FEDERAL DE SERVIÇO SOCIAL. Código de Ética do Serviço Social. 2011. p23.

GUERRA, Y; FORTI, V. “Na prática a teoria é outra? ”. In: Serviço Social: temas e contextos.4. Ed. Rio de Janeiro: Lumen Juris, 2013.

IAMAMOTO, Marilda Vilela. O Serviço Social na cena contemporânea. CFESS, ABEPSS. Serviço Social: Direitos Sociais e Competências Profissionais. CEAD/UnB. Brasília. 2009.

IAMAMOTTO, Marilda Vilella. Relações Sociais e Serviço Social no Brasil. São Paulo. Ed.Cortez. 1982.

______. Presidência da República. Casa Civil. Subchefia para Assuntos Jurídicos. Constituição Federal do Brasil de 1988. Disponível em: <www.planalto.gov.br/ccivil_03/ constituicao/ConstituicaoCompilado.htm&gt>. Acesso em: 9 out. 2017.

SANTOS, Maria Teresa dos; MANFROI, Vânia Maria. Condições de trabalho das/os assistentes sociais: precarização ética e técnica do exercício profissional. 2015


Texto completo: PDF